PELOTAS CONTA COM MAIS TRÊS AGROINDÚSTRIAS

Alvarás sanitários entregues aos empreendedores contam com marca d’água em referência aos 210 anos de Pelotas. Entrega de alvarás para três agroindústrias – Foto Michel Corvello

Mais duas agroindústrias de Pelotas, do ramo de fabricação e manipulação de produtos cárneos, estão com as atividades formalizadas pelo Serviço de Inspeção Municipal (SIM), e uma terceira recebeu a liberação do Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar (Susaf). Na terça-feira (27), o prefeito em exercício e secretário de Desenvolvimento Rural, Idemar Barz, visitou os estabelecimentos para entregar os registros sanitários, com selo de marca d’água em referência aos 210 anos do município, liberando o funcionamento de dois empreendimentos e ampliando a área de atuação de mais um.

Saiba detalhes dos empreendimentos

* Ponto da Linguiça – razão social Aline Gabriele Costa Borges Ltda, localizada na avenida Dom Antônio Zattera, 297, Vila Princesa. A agroindústria produz cerca de 600 quilos/semana e emprega três pessoas fora a família, que está à frente das atividades.

As vendas do Ponto da Linguiça abrangem o mercado local. A agroindústria recebeu o alvará sanitário expedido pelo SIM.

* Fábrica de Embutidos MB Ltda, localizada na Colônia Triunfo, s/nº, 4º distrito. Produz cerca de 800 quilos por semana e emprega quatro pessoas, além dos membros da família. Recebeu o alvará sanitário do Serviço de Inspeção Municipal.

* Bravo Carnes do Pampa – razão social Edison de Almeida Foster, localizada no Corredor Quatro, 460, Sanga Funda. A agroindústria produz carnes rastreadas, selecionadas e embaladas. Trabalha quatro toneladas por semana, em média, para abastecer restaurantes e cliente final. É líder de vendas em hambúrgueres e comercializa seus produtos em todo o Estado. Recebeu o registro sanitário de liberação do Susaf. É a décima agroindústria local com adesão ao Sistema Unificado.

Além de Idemar, o diretor técnico do SIM, Telmo Lena, e o diretor da SDR, Wilson Karnopp foram recebidos pelos proprietários Aline Borges, do Ponto da Linguiça, Michel Bonow, da MB, e Edison de Almeida Foster, da Bravo Carnes do Pampa. A entrega dos documentos com a marca d’água dos 210 anos de Pelotas, criada pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura (Ascom), foi motivo de comemoração pelos empreendedores.

“Os registros entregues reafirmam que a política adotada pelo Município para a agroindústria familiar é válida e correta. Vamos continuar, cada vez mais, fomentando e incentivando o setor, com todo o apoio para a estruturação dos empreendimentos, encurtando caminhos e facilitando acessos. Nossa legislação é ampla e permite fomentar a implantação, a regularização e o desenvolvimento de agroindústrias familiares. Garantimos impulso às iniciativas produtivas”, afirma o prefeito em exercício.

Comentários