COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 02.08.2022

Caminhos da Zona Sul__________________________Paulo Gastal Neto

Vizinho – O cenário da crise econômica argentina e as perspectivas para o Brasil e o RS foram debatidos durante reunião do Conselho de Comércio Exterior (Concex) da FIERGS. O consultor econômico e analista internacional, Gustavo Segré, e o presidente da Câmara Empresarial Argentino-Brasileira do Rio Grande do Sul (Ceab-RS), Fábio Ciocca, fizeram uma análise sobre a situação atual do país vizinho, um dos principais parceiros comerciais brasileiros. Segré não vê uma solução para os problemas da Argentina a curto prazo. Ele lembra que o país tem 4,5 milhões de pessoas trabalhando em diferentes esferas para o Estado, 20 milhões recebendo algum tipo de auxílio do governo e 5 milhões de “celetistas”, e que o presidente Alberto Fernández não reduz o gasto público. A expectativa, garante, é por reformas estruturais na próxima gestão.

***

Bondade – O benefício aos caminhoneiros aprovado recentemente já tem data para começar a ser pago: dia 09 de agosto. Neste caso, o pagamento será referente aos meses de julho e agosto, sendo o valor de R$ 1.000,00 para cada um deles. O pagamento das parcelas seguirá até dezembro, conforme o calendário divulgado pelo Ministério do Trabalho e da Previdência. Segundo o Ministério, quem receberá o benefício serão aqueles com o cadastro regular do Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC) até o dia 31 de maio de 2022. O CPF e a CNH também deverão estar regulares. O beneficiário não precisa comprovar a compra de óleo diesel para receber o auxílio. O MEI Caminhoneiro que estiver regularizado no RNTRC também será beneficiado.

***

Balanço – A CDL divulgou recentemente que ao longo de duas semanas, a 28ª edição da Feira Nacional do Doce movimentou a economia de Pelotas com a visita de turistas de diversos locais do Brasil e a nível internacional. Com a marca de 1,8 milhões de doces vendidos, 313 mil visitantes e proporcionando o acesso gratuito à cultura, história e tradições do município a mais de 45 mil alunos da rede pública de ensino, o evento contou com diversas atrações. A Feira da Agricultura Familiar também registrou o maior número desde a sua primeira realização na Fenadoce, com mais de R$1 milhão em volume de vendas. O evento ainda contou com diversas programações no Salão de Desenvolvimento Turismo e Inovação, encontros de autoridades e reuniões sobre empreendedorismo, além da instalação do gabinete do Governador do Estado do Rio Grande do Sul para atender demandas locais.

***

Cidade Empreendedora – Menos de dois meses após aderir ao Programa Cidade Empreendedora, iniciativa desenvolvida pelo Sebrae RS em parceria com o poder público, Pelotas dá um grande passo rumo ao seu desenvolvimento econômico e social: a elaboração de sua Lei de Inovação – que trata de incentivos à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo. De acordo com Gilmar Bazanella, secretário municipal de  Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Pelotas, o processo vai envolver diversos setores da sociedade, como poder público, universidades – Federal, Católica e IFRSUL – , OAB,  Sebrae RS, Sesc, Senac e outras entidades representativas de vários segmentos. “Estamos muito esperançosos com a construção dessa lei. Acreditamos que, além de uma regulamentação, ela vai trazer um ambiente de negócios mais moderno, que possa, além de incentivar os empreendedores locais, atrair também para a nossa cidade investidores de outras regiões”, avalia Bazanella.  Fabrício Sanches Burkert, gestor da Regional Sul do Sebrae RS, explica que esta etapa é a continuidade do mapeamento do ecossistema de inovação de Pelotas realizado em 2020 pelo Sebrae RS em parceria com a Fundação Certi e a prefeitura de Pelotas,  através da Secretaria de Desenvolvimento. “Após o trabalho com a lei será realizado o fortalecimento da governança do ecossistema de inovação do município, com o objetivo de conectar atores, empresas, universidades, governos e o terceiro setor. Dessa forma, estimulando o ambiente para que seja mais colaborativo e inovador, em que todos trabalhem juntos e compartilhem resultados contribuindo para uma cidade mais inovadora”, reforça Burket.

***

Até a próxima!

Comentários