COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 01.09.2020

CAMINHOS DA ZONA SUL____________________Paulo Gastal Neto

www.caminhosdazonasul.com.br

Luz I – O aspecto é cosmopolita. Uma nova visão para quem entra em Pelotas. O sistema de iluminação do Contorno de Pelotas, implantado pela Ecosul, é exemplo de eficiência energética e luminosidade para os usuários. Transmite segurança. São 916 luminárias com lâmpadas LED, distribuídas nos seis principais acessos e entroncamentos à Pelotas. A tecnologia LED além de ter maior vida útil, na prática, facilita a identificação de pessoas e veículos, contribuindo diretamente para segurança no tráfego. Com este tipo de luminária, a economia de energia pode chegar a 80%, como alcançado em outros projetos com essa solução, na concessionária. Segundo o coordenador de conservação, Mauro Porto, para efeito de comparação, a potência total de todos os circuitos de iluminação do Contorno de Pelotas totalizam 121.828 W. “O que equivaleria a pouco menos do a potência de 18 chuveiros elétricos, para se ter uma ideia”, explica.

***

Luz II – O projeto foi aprovado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) em janeiro e já concluído em dezembro de 2018, trazendo imediatos benefícios para o tráfego dos usuários da rodovia e segurança das comunidades lindeiras. “Entre os benefícios desse tipo de equipamento está a adoção da luz branca, que permite um foco mais direcional, com alto fluxo luminoso, e que não ofusca a visão dos motoristas”, detalha Mauro.

***

Ação – O Grupo CMPC – ex-Celulose Riograndense –  anunciou ao vice-presidente da República, Hamilton Mourão, a doação de 600 mil máscaras cirúrgicas para o Ministério da Saúde. A divulgação foi feita durante solenidade sobre a lei estadual de atenção à oncologia pediátrica no Rio Grande do Sul, que ocorreu na sede do Instituto do Câncer Infantil (ICI), em Porto Alegre. Na oportunidade, o Grupo também entregou 40 mil máscaras ao Instituto. As máscaras são produzidas pela Softys, uma das empresas do Grupo e que é líder na América Latina em produtos de higiene e cuidados pessoais. O evento contou com a presença do diretor-geral da CMPC, Mauricio Harger, do diretor-geral da Softys, Luis Delfim, do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, do Presidente da A.L. Deputado Ernani Polo além do superintendente do Instituto do Câncer Infantil, Dr. Algemir Brunetto.

***

Paliativo – Criado para apoiar a retomada do pequeno varejo, o Movimento Nós foi apresentado ao governador Eduardo Leite. Em videoconferência, representantes das oito principais companhias de alimentos e bebidas do país explicaram como funcionará o projeto, que pretende auxiliar 20 mil estabelecimentos do pequeno varejo no Rio Grande do Sul.

***

Safra – Começou na semana passada em diferentes regiões do Estado a semeadura da safra 2020/2021 do arroz.

***

Dados – A 22ª edição do boletim sobre os impactos da Covid-19 nas movimentações econômicas dos contribuintes de ICMS do Estado indica variação positiva nas vendas da Indústria, do Atacado e do Varejo pela segunda quinzena consecutiva, em comparação a períodos equivalentes de 2019. Os dados são da Receita Estadual. Confira cada setor nos três tópicos abaixo:).

***

Indústria – O setor apresentou indicador de +12,5% entre 8 e 21 de agosto. Essa é a quarta quinzena seguida de variação positiva na atividade. Entre os 19 setores industriais analisados, a quantidade de “ganhadores” (cuja variação é positiva comparando com a quinzena equivalente do ano anterior) foi de 17, restando apenas dois setores com variações negativas – melhor cenário desde o início da crise. Entretanto, no acumulado do período de análise do boletim, entre 16 de março e 21 de agosto, a atividade industrial ainda acumula queda de -6,6%.

***

Atacado – O ramo atacadista manteve patamares positivos, com índice de +3%. Os principais destaques da quinzena foram os setores de Material de Construção (+40,7%), Metalmecânico (+17,6%) e Insumos Agropecuários (+16,0%). Com isso, o segmento atacadista tem ganho acumulado de +3,5% desde o início da pandemia.

***

Varejo – A atividade Varejista registrou indicador interanual positivo pela segunda quinzena consecutiva. A variação de +4% foi a melhor desde o início das análises. Os setores que mais contribuíram para a alta da atividade foram de Lojas de Departamento e Magazines (+39,4%), Eletroeletrônicos (+25%), Material de Construção (+19,7%) e Supermercados (+18,7).

***

Até a próxima!

Comentários