TIME ABERTO DE INOVAÇÃO INICIA ATIVIDADES NO PROJETO INTERNACIONAL LINK ME UP

Instituto Politécnico de Bragança (Portugal), iniciou as atividades de bootcamp neste mês de outubro.

A iniciativa de proposição em inovação educacional do Pelotas Parque Tecnológico e Instituto Federal Sul-rio-grandense, lançada no evento Link me Up, do Instituto Politécnico de Bragança (Portugal), iniciou as atividades de bootcamp neste mês de outubro. O time “Desafio Aberto de Inovação” seguirá um cronograma de atividades virtuais até dezembro, quando realizarão a conclusão de projetos e demonstrações das proposições inovadoras. Os bootcamps intensivos já foram iniciados no mês de outubro, com data prevista para a conclusão e apresentação em 17 de dezembro de 2021.

A equipe formada pela professora da Escola de Design do IFSUL, Raquel Paiva Godinho, seis estudantes de universidades e institutos federais, e equipe diretiva do Pelotas Parque, será responsável por apresentar soluções e aplicações futuras para o PPT e para ecossistemas de inovação. “Com certeza, obteremos resultados finais benéficos, com diversas estratégias e soluções para desafios futuros. Será um projeto muito oportuno para criar vínculos com instituições, tanto nacionais como internacionais, e inserir o parque tecnológico no cenário internacional”, destaca Raquel.

Edgar Mattarredona, Diretor Técnico-Científico do PPT, salienta que a iniciativa da Equipe Time Aberto de Inovação foi selecionada através do Edital Parque Ativo 01/2021. “É uma satisfação ter uma proposta de projeto que contempla as tecnologias sociais e educacionais. Essa iniciativa vem do encontro da nossa estratégia de internacionalização das ações do parque tecnológico, e estabelece uma relação além fronteiras das tecnologias locais, intercambiando com as tecnologias do IPB, criando uma nova forma bastante positiva de relacionamento”, conclui.

O evento também agrega 13 instituições de ensino superior politécnico portuguesas e 10 instituições de ensino brasileiras. Entre as Universidades e Institutos participantes estão o IFSul, Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Instituto Federal da Bahia (IFBA), O Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET/MG), Instituto Federal de Goiás (IFG), Instituto Federal de Brasília (IFB), Instituto Federal da Paraíba (IFPB) e Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IFSERTÃO-PE).

Comentários