FÁBIO BRANCO: “A MELHOR MEDIDA É O CONTROLE E NÃO O FECHAMENTO DO COMÉRCIO” – RIO GRANDE NÃO ADOTARÁ LOCKDOWN A PARTIR DESTA QUARTA-FEIRA

FÁBIO BRANCO: “A melhor medida é o controle e não o fechamento do comércio”

O prefeito de Rio Grande, Fábio Branco, anunciou em uma Live, na noite desta terça-feira, 1º.06, que a Prefeitura do Rio Grande vai adotar protocolos próprios de enfrentamento à pandemia de Covid-19, e não os definidos pela Associação dos Municípios da Zona Zul (Azonasul) na reunião da entidade, realizada na última sexta-feira, 28. De acordo com Branco, Rio Grande está amparado, legalmente, para tomar medidas diversas daquelas que foram definidas na reunião da Azonasul.

No Decreto Municipal e diferente de outras cidades que devem adotar lockdown na Zona Sul, os rio-grandinos terão que se adaptar com regras mais rígidas que restringem circulação em espaços públicos, mas poderão aproveitar a abertura do comércio e de outros serviços considerados essenciais nos próximos dias.

Ao anunciar as medidas, Fábio Branco insistiu que “as pessoas têm que se cuidar, respeitar os protocolos, o distanciamento, evitar o que precisa e pode ser evitado, pois não é o momento oportuno para festas e aglomerações”. Ele informou que a Prefeitura vai intensificar as ações de fiscalização.

Prefeito lembrou que o decreto municipal é ainda mais restritivo do que estabelece o decreto estadual, que instituiu o sistema 3As. “A melhor medida é o controle e não o fechamento do comércio”, emendou Fábio Branco. Para ele, as medidas vão dar mais controle e menos fluxo de pessoas.

Para Enio Junior (Procuradoria Geral do Município), “essa é uma via alternativa em relação a outras medidas adotadas por outras cidades da região, e não é um decreto construído de maneira irresponsável”. Acrescentou que, “mais uma vez, conclamamos a sociedade à conscientização e esse é um decreto de restrição na ocupação de espaços públicos e de orlas, mas não é de fechamento do comércio”.

Fiscalização

O titular da Secretaria de Município de Mobilidade, Acessibilidade e Segurança (SMMAS), Anderson Castro disse que as ações de fiscalização da pasta estão sendo “remodeladas” para o final de semana em Rio Grande. “As pessoas não poderão, nem isoladamente, permanecer nos espaços públicos. Nós vamos ampliar as equipes. Nosso foco principal será o Cassino, a Henrique Pancada e o Rincão da Cebola, com a atuação incisiva das equipes de fiscalização nestes e em outros espaços. Não é o momento de sair pra rua”, recomendou.

Comentários