COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 15.06.2021

CAMINHOS DA ZONA SUL_________________________Paulo Gastal Neto

www.caminhosdazonasul.com.br

Avanço – O governo do Estado, por meio do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), apresentou o projeto executivo de duplicação da ERS-734, em Rio Grande – Avenida Itália.  Em 2020, o governador Eduardo Leite solicitou que o projeto em andamento para duplicação da rodovia fosse refeito. Inicialmente, estava prevista a duplicação de cinco quilômetros da ERS-734, especificamente na via que dá acesso à zona urbana de Rio Grande. No entanto, são 6,5 quilômetros desde o entroncamento com a BR-392 até o pórtico de acesso à cidade. “O acesso a Rio Grande consiste no que deve ser uma avenida estruturada para que as pessoas acessem a zona urbana, o centro da cidade. Tomamos a decisão de refazer o projeto para contemplar todo o trecho do acesso, os 6,5 quilômetros do pórtico até o entroncamento com a BR-392. Além disso, o projeto contempla ciclovia e iluminação”, destacou o governador. A partir da conclusão do projeto, a obra poderá ser licitada. A intenção é de que, depois de concluída, a obra seja municipalizada – ou seja, entregue ao município de Rio Grande.

***

Opção – Voltados ao atendimento de empresas das áreas de alimentação, agências de viagens e pequenos empreendedores rurais, os projetos coletivos de turismo têm a participação de 12 municípios da Costa Doce Gaúcha. O objetivo é qualificar e promover a oferta turística já existente” e formatar novos negócios, afirma a gestora de Projetos de Turismo da Regional Sul do Sebrae RS. Em cada município são firmadas parcerias específicas com a iniciativa pública e privada a fim de fomentar o crescimento dos atrativos turísticos, colaborando também na organização de políticas públicas para o setor. Os projetos coletivos, que têm duração de um a dois anos, também capacitam e incentivam a inovação nas pequenas empresas.

***

Bem – Com uma doação de meio milhão de reais, a Yara Brasil – sede em Rio Grande – deu início ao amadrinhamento de regiões que serão atendidas pelo movimento Unidos pela Vacina no RS. Municípios da região de Cruz Alta, aqui de Pelotas e Porto Alegre receberão itens fundamentais para acelerar o processo de vacinação. Com os recursos, o Instituto Cultural Floresta (ICF), que é o responsável no estado por conectar empresas doadoras e regiões amadrinhadas, irá adquirir itens fundamentais para o armazenamento e transporte das vacinas contra o coronavírus, como freezers, geladeiras, caixas térmicas e câmaras frias. O Unidos pela Vacina foi idealizado pelo Grupo Mulheres do Brasil, presidido pela empresária Luiza Trajano – Rede MagaLu (ex-Magazines Luiza).

***

Alçando Voo – Há cerca de cinco anos, um projeto de extensão do programa Direito na  Comunidade da UCPel passou a se dedicar  a resolver pendências judiciais de pessoas atendidas em Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Pelotas. Agora o projeto  Pacientes Jurídicos pode ser reconhecido como uma prática inovadora  por um dos mais importantes prêmios do judiciário brasileiro – o Prêmio Innovare. A ação extensionista havia sido selecionada para a quarta fase do prêmio, concorrendo na categoria Advocacia. Essa etapa foi realizada nesta semana, em uma entrevista virtual com um consultor do Instituto Innovare, instituição promotora do concurso.

***

Até a próxima!

Comentários