PELOTAS APRESENTA SALDO POSITIVO NA GERAÇÃO DE EMPREGOS NO MÊS DE FEVEREIRO

Dados divulgados pelo Caged atestam a criação de 639 vagas. Os setores de serviços e indústria foram os que mais contrataram

Em meio a um cenário complicado, um alento: o Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged) contabilizou a criação de 639 novas vagas de emprego em Pelotas durante o mês de fevereiro. O cenário positivo foi puxado devido ao desempenho demonstrado pelos setores de serviços e da indústria. No Rio Grande do Sul, o saldo também foi positivo, com 29.587 novas vagas no mesmo período.

Na avaliação do coordenador do Escritório de Desenvolvimento Regional (EDR/UCPel), Ezequiel Megiato, fevereiro de 2021 foi o melhor mês registrado no período, visto que Pelotas encerrou 2020 com a perda de 939 postos de trabalho. “Foi um número positivo para o mês de fevereiro e sinaliza uma recuperação, mesmo que ainda lenta”, comenta.

Outro fator que merece destaque, conforme Megiato, foi a importância do desempenho setorial para o dado positivo. “O aumento das vagas nos setores de serviços e indústria, especialmente na construção civil, demonstra que é um tipo de emprego que não será rapidamente descartado”, avalia.

Durante fevereiro de 2021, Pelotas apresentou 2270 admissões e 1631 desligamentos, com o saldo positivo de 639 vagas. Dessas, 429 ocorrem no setor de serviços, 103 novas vagas na indústria e 89 na construção civil. “O comércio apresentou um crescimento tímido, com apenas 20 vagas”, diz.

Perfil dos novos contratados em Pelotas 

Das 2270 admissões ocorridas em fevereiro de 2021, 1.318 foram homens e 952 mulheres. A maior parte das contratações foi de pessoas entre 30 e 39 anos, seguida da faixa etária de 18 a 24 anos, tendo como escolaridade o ensino médio completo.

Na avaliação de Megiato, a maior parte dos desempregados atualmente apresenta esse perfil. “A escolha desse tipo de perfil profissional segue uma lógica que chamamos de estoque disponível e que voltaram a ser recepcionados no mercado de trabalho”, explica.

Panorama no RS 

Já no estado, no mês de fevereiro foram geradas 117.994 vagas e fechadas 88.407, resultando em saldo positivo de 29.587. Ao contrário de Pelotas, a maior parte dos contratados está na faixa etária de 18 a 24 anos, também com ensino médio completo.

No estado, as áreas que mais geraram vagas foram a indústria, com 16.692; serviços, com 7.617 e comércio, com 3.154. “O RS já estava apresentando sinais de melhora. Cabe destaque à retomada da indústria, que há bastante tempo estava apresentando índices negativos”, finaliza Megiato.

Comentários