COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 24.11.2020

CAMINHOS DA ZONA SUL_________________________Paulo Gastal Neto

www.caminhosdazonasul.com.br

Venda – O governo do Estado anunciou na semana passada que o edital de privatização da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) será publicado no início de dezembro. O leilão está previsto para fevereiro do próximo ano. Primeira estatal a ser repassada à iniciativa privada pela atual gestão, a privatização da CEEE-D faz parte da agenda de desenvolvimento do Rio Grande do Sul, segundo o governo do estado.

***

Natal – Deflagrada a temática no Shopping Pelotas. É o momento de recuperar perdas na melhor parte do ano para vendas. Este ano o empreendimento recebe a decoração com a temática do Espetacular Circo do Noel, com uma árvore gigante de luzes de led e Papai Noel mecatrônico, com movimento. Desde a última sexta-feira, 20 de novembro, começou a Campanha de Natal, que vai sortear um automóvel da marca Fiat, modelo Mobi Easy, entre os consumidores, a partir de um número da sorte. Para concorrer ao carro 0 km basta juntar R$ 250,00 em notas fiscais de compras no shopping e trocar pelo número da sorte. A promoção é válida de 20 de novembro de 2020 até 3 de janeiro de 2021.

***

Tec – A passagem de veículos com cargas especiais ou excesso lateral será mais ágil no km 430 da BR-116, na Praça de Pedágio do Cristal. Segundo a Ecosul, concessionária que administra o Polo Rodoviário Pelotas, uma barreira de sensor ótico móvel já está em funcionamento, em período de testes. O item possui nichos de metais fixados no subsolo, que servem como uma espécie de “berço” para o sensor óptico móvel.  A nova estrutura irá proporcionar uma velocidade maior quando esse tipo de veículo de carga passar na praça Cristal. A tecnologia dá agilidade ao processo que anteriormente era mais complexo.

***

Hidrovias – A Portos RS está incentivando a ampliação  de movimentação de cargas hidroviárias no Estado. Nesse sentido, elaborou o Guia do Sistema Hidroportuário do RS. O RS tem três portos públicos e 17 terminais de uso privativo, segundo o Anuário da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) 2019. São 754 quilômetros de vias navegáveis com ampla capacidade de receber novos complexos industriais. Estar próximo ao sistema hidroportuário é garantia de competitividade ao produto final. O sistema hidroviário é de importância estratégica para o Estado, pelo potencial das vias navegáveis interiores, redução de custos e economia de combustível no transporte de cargas, especialmente daquelas de grande volume unitário. No guia, é apresentado não somente os portos públicos, mas também todo um sistema que movimentou em 2019 cerca de 58 milhões de toneladas entre todas as cargas. O maior movimentador, o porto do Rio Grande, tem grande capacidade para receber novas cargas e investimentos.

***

Azeite – A área da olivicultura vem crescendo no Brasil nos últimos anos. E no Rio Grande do Sul ela deu um salto, passando de 80 hectares de área plantada em 2005 para 6 mil hectares em 2020, a maior área plantada do país. Do total dessas áreas, 75% são de olivais jovens que ainda não entraram em produção. A Metade Sul do Estado é a maior região produtora. O RS está organizando o 4º Encontro Estadual de Olivicultura e na reunião vão ser expostas e debatidas pesquisas sobre fertilidade do solo e nutrição de olivais e questões relacionadas com a adaptação de cultivares e estratégias para o controle de doenças, especialmente as que são transmitidas por mudas, explica a coordenadora do evento. O encontro vai ocorrer de forma online, nos dias 24, 25 e 26 de novembro, das 9h às 12h. o evento é destinado aos produtores, pesquisadores, estudantes de graduação e pós-graduação e público em geral. Pesquisadores e produtores de oliveiras da Espanha, Uruguai e Brasil irão participar do encontro.

***

Até a próxima!

Comentários