COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 22.09.2020

CAMINHOS DA ZONA SUL____________________Paulo Gastal Neto

www.caminhosdazonasul.com.br

Carga viva – O porto de Rio Grande fez o maior embarque de animais vivos da história do terminal. O navio para carga viva (bois) NADA com 201 metros de comprimento e 32 de largura atracou pela primeira vez na condição de maior navio do mundo para o transporte de animais faz. A embarcação atracou no estaleiro inaugurado há dez anos para fabricar plataformas de exploração de petróleo da Petrobras. Sem encomendas, o terminal foi adaptado para o embarque inédito: 26 mil cabeças de gado. Cem caminhões se revezam em um vai e vem, sem pausa. Das fazendas onde estão confinados, os animais chegavam ao porto com muito critério. Cada animal possuía um brinco onde um chip havia instalado. Através deles que os fiscais do Ministério da Agricultura monitoraram as condições sanitárias. O embarque mobilizou 150 pessoas por dia. Do Rio Grande do Sul, o navio seguiu para a Turquia e o Líbano, países consumidores da carne produzida no estado. A viagem dura cerca de 20 dias. A exportação do gado vivo é uma exigência dos países do Oriente Médio. Desde 2010, mais de 550 mil animais foram embarcados no porto de Rio Grande.

***

Agro – Foi lançada na semana que passou a 94ª Expofeira Pelotas. O evento ocorrerá entre os dias 5 e 12 de outubro, desta vez em formato digital devido às limitações impostas pela pandemia de coronavírus. A feira, de impacto global, é referência do agronegócio do sul do Estado e a segunda maior exposição agropecuária em entrada de animais e diversidade de raças. A Expofeira Pelotas é realizada pela Associação Rural de Pelotas e pelo Sindicato Rural de Pelotas. A experiência em formato digital desta edição será totalmente gratuita, com transmissão ao vivo de conferências rural e empresarial, julgamentos morfológicos, leilões, programação cultural e acesso ao pavilhão de estandes da indústria e comércio, por meio de plataforma personalizada. O acesso ao evento ocorre por meio do site www.expofeirapelotas.com.br. Haverá também um drive thru exclusivo para o pavilhão de agricultura familiar e estande virtual com link para e-commerce.

***

Aniversário – Setembro é o mês que marca o aniversário do Pelotas Parque Tecnológico que completa quatro anos como um ecossistema de inovação, tecnologia e empreendedorismo para Pelotas e Zona Sul. A data oficial foi o dia 16, porém as iniciativas percorrem todo o mês e este ano de forma virtual, adaptadas ao momento de pandemia. Desde o início do ano a direção do Parque vem criando novas formas de conectar a comunidade e proporcionar oportunidades para as empresas com eventos on-line, visitas virtuais, editais que estimulam a criação de soluções para enfrentar a COVID-19, entre outras ações. Parabéns a esta excelente iniciativa da cidade de Pelotas!

***

Agro – A safra de cereais, leguminosas e oleaginosas este ano deverá ser recorde, estimada em 251,7 milhões de toneladas, ou seja, 4,2% superior à registrada no ano passado, de 241,5 milhões de toneladas. A estimativa é do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola realizado em agosto, e que ainda aumentou em 0,5% a projeção da pesquisa de julho. A área colhida deve chegar a 65,2 milhões de hectares, 3,1% a mais do que no ano passado. Os dados foram divulgados hoje (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação à produção, são estimadas altas de 6,6% para a soja, de 7,2% para o arroz, de 0,3% para o algodão, de 38% para o trigo e de 6,1% para o sorgo. São esperadas quedas, no entanto, para o milho, de 0,4%, e para o feijão, de 2,9%.

***

Energia – O Projeto Sant’Ana, que engloba subestações e linhas de transmissão de energia da empresa Taesa na região oeste do Estado, alcança 20% das obras. Cerca de 200 empregos diretos já foram gerados e outros 400 ainda devem ser abertos nesta primeira fase de instalação. Os dados foram apresentados em uma reunião periódica com a Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), que segue acompanhando o calendário de execução. O empreendimento auxiliará o Rio Grande Sul a se consolidar como gerador de energia limpa, que poderá ser escoada pelas linhas e subestações construídas pela Taesa. Com essas obras, será possível destravar uma série de investimentos em geração de energia elétrica, principalmente hídrica e eólica.

***

Água – Seis pias comunitárias estão instaladas em regiões de vulnerabilidade social de Pelotas pela Eficiobra, startup do Centro de Incubação de Empresas da Região Sul (Ciemsul) da Universidade Católica de Pelotas (UCPel). A ação é vinculada à campanha nacional Uma Mão Lava Outra, promovida pela Habitat para a Humanidade. O objetivo é levar água e sabão para que moradores de zonas periféricas possam se proteger do novo coronavírus (Covid-19). Foram arrecadados R$ 630 mil em doações para a instalação de mais de 300 pias comunitárias em diversas cidades do país, incluindo Pelotas.

***

Até a próxima!

Comentários