AUMENTA MOVIMENTAÇÃO NO SISTEMA PORTUÁRIO PÚBLICO GAÚCHO

De janeiro a agosto, 17 milhões de toneladas foram exportadas pelo porto em Rio Grande, sendo metade de soja em grão – Foto: Divulgação Suprg.

Entre janeiro e agosto, os portos públicos administrados pela Superintendência dos Portos do RS (Portos RS) – em Rio Grande, Porto Alegre e Pelotas – apresentaram aumento de 3,44% na movimentação de cargas em comparação com igual período de 2019. Os resultados foram divulgados nesta sexta-feira (17/9). Em Rio Grande, a expansão chegou a 4,35%. No total, houve movimento de mais de 28,9 milhões de toneladas de todos os tipos de cargas.

Ainda em Rio Grande, verificou-se uma diferença positiva de mais de 1.155.561 toneladas, mesmo durante a pandemia. De janeiro a agosto passaram pelo porto mais de 27,6 milhões de toneladas de todas os tipos de cargas, sendo cerca de 17 milhões para exportação. Desse total, 51% foram em embarque de soja em grão. O incremento desse produto relativo ao mesmo período de 2019 chegou a 16%. O principal destino das exportações continua sendo a China, com participação de 57%. Outro destaque positivo do período se refere ao aumento de 68% de exportação de arroz.

No porto de Pelotas, de janeiro a agosto houve decréscimo de 0,98% na movimentação de carga. Entre as mercadorias, se destaca aumento de 4,78% no volume de toras de madeira. O resultado final ultrapassa 666 mil toneladas.

O porto de Porto Alegre segue com restrições de calado do Canal da Feitoria, na Lagoa dos Patos, que passa por uma dragagem. Ainda sim, movimentou 585,5 mil toneladas.

Os dados dos terminais privados relativos ao mês de agosto serão divulgados pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) em outubro.

Comentários