4ª FEIRA DO POLO NAVAL E SUL ENERGIA TÊM PROGRAMAÇÃO CONFIRMADA

    porto estima

    A programação da Feira do Polo Naval 2015 e o Sul Energia – Congresso e Exposição de Energia da Região Sul, que ocorre de 10 a 12 de novembro, em Rio Grande, foi oficialmente apresentada nesta terça-feira (27). Contando com o Seminário de Direito, o NAVECT e a Rodada de Negócios, o evento irá abordar diversos setores da economia e refletirá sobre o atual momento do país. Ainda durante a manhã o presidente do Grupo Gerdau, Jorge Gerdau Johannpeter, palestrou para um grande público, reafirmando o seu compromisso de colaborar com a Feira do Polo Naval, e realizou observações sobre o contexto nacional econômico.

    Frisando que o objetivo da feira não é apenas discutir as pautas positivas, mas também o negativo, o coordenador da Feira do Polo Naval, Fernando Estima, lembrou a importância de manter o evento vivo e elaborar uma programação que possa oferecer novos canais para a economia e uma reflexão sobre o momento pelo qual o país passa. “Essa discussão sobre o que acontecerá com o Polo Naval daqui para frente é uma discussão de quem é daqui, tem que envolver os agentes locais”, defendeu Estima. De acordo com ele, duas pautas são centrais neste ano: os 100 anos do Novo Porto e o Congresso Sul Energia, voltado para a questão energética. No dia 10 de novembro o Porto do Rio Grande será o homenageado durante jantar de abertura pela sua atuação e crescimento contínuo. Já no dia 11/11, o Sul Energia promoverá o painel “Novos projetos que vão impactar a geração de energia no RS”.

    Rodada de Negócios
    A Rodada de Negócios, organizada em parceria com o SEBRAE/RS, é tradicional na Feira do Polo Naval. As reuniões oportunizam a aproximação entre empresas e clientes dos mais variados setores e acontecerão no dia 10/11, no período da manhã. As inscrições para as empresas interessadas podem ser realizadas até 30 de outubro no site www.sebrae-rs.com.br/rodadasdenegocios. Segundo a gerente regional do SEBRAE/RS, Rosane Ribeiro, a expectativa é de que as negociações na feira possam gerar mais de 500 agendas com 200 empresas e potenciais fornecedores. “A nossa intenção é sempre manter a parceria com o evento”, afirmou Rosane.

    Porto do Rio Grande
    Com destaque na programação, o Porto do Rio Grande participará das atividades com palestras que apresentam o seu panorama histórico e, sobretudo, os desafios para o próximo centenário. Além disso, um dos painéis do dia 10 deve dialogar com o Plano Nacional de Logística e Transportes (PNLT). “O Porto teve o melhor resultado da sua história entre janeiro e dezembro e a Feira do Polo Naval é um momento especial para se pensar nos próximos desafios”, ressaltou o superintendente do Porto, Janir Branco.

    Seminário de Direito
    Confirmando a presença de escritórios paulistas e especialistas em temas como contrato de óleo e gás, a coordenadora do Seminário de Direito, Isabella Medeiros, defendeu a importância dos assuntos que serão tratados ao longo dos três dias: “É uma oportunidade para todos esclarecem dúvidas sobre temas como licenciamento ambiental, parcerias empresarias para novos negócios e toda a área industrial”.

    Navtec
    Promovendo a discussão sobre tecnologia naval e off-shore, a Conferência Internacional em Tecnologia Naval e Off-shore (Navtec), organizado pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG), segue incluída na programação da Feira do Polo Naval. Conforme o coordenador do Navtec, Arthur Gibbon, neste ano o foco será nas tecnologias dentro dos arranjos da produção local, buscando pensar como elas podem ser ainda mais úteis. Duas startups também participarão como convidadas, identificando como pequenas e médias empresas podem auxiliar nessas tecnologias.

    Sobre os eventos
    A 4ª edição da Feira do Polo Naval RS e o Sul Energia têm como promotores a Prefeitura Municipal de Rio Grande, FURG, Superintendência do Porto de Rio Grande, APL Polo Naval e Off Shore e Bolsa Continental de Mercadorias. São patrocinadores desta edição: Caixa; Prefeitura Municipal do Rio Grande; Sagres Agenciamentos Marítimos, além do apoio do Sebrae. Em 2014, a Feira do Polo Naval recebeu mais de 22 mil visitantes e gerou uma expectativa de negócios de US$ 56 milhões.




    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.