BALCÃO DE ANÁLISES ATENDERÁ INDÚSTRIA LOCAL

    SENAI

    O Centro das Indústrias de Pelotas (Cipel) levantará a demanda de análises metrológicas oriundas das empresas locais para a estruturação do balcão de recebimento de amostras que funcionará no município junto à sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). O anúncio foi feito pelo presidente da entidade, Ricardo Michelon que adiantou  também o firmamento de parceria com a Universidade Católica de Pelotas (UCPel) para a estruturação de um projeto específico visando o desenvolvimento do trabalho.

    Na abertura do encontro, Michelon destacou a articulação do Cipel de pelo menos dois anos em função da realização facilitada de análises para atender indústrias locais e o envolvimento de várias lideranças com a pauta. “Quando defendemos este projeto, pensamos em produtividade e, principalmente, competitividade de nossa indústria”, disse. O presidente também destacou que em princípio o convênio assinado com a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs) prevê o atendimento a três áreas: metalomecânica; construção civil e análises de águas e efluentes mas que as tratativas estavam caminhando para atendimentos às empresas da área de alimentação, com análises específicas às indústrias alimentícias.

    Coube ao gerente local do Senai, Eduardo Weber, conduzir as apresentações do evento e explicar o formato de atendimento planejado para o balcão de recebimento em Pelotas. Segundo ele, os materiais serão recebidos e encaminhados aos laboratórios pertinentes, sem despesas com deslocamentos. “Unidades do Senai estarão aptas para este trabalho de logística”, antecipou.

    Já o representante da coordenação de unidades de laboratórios de análises do Senai, Peri Rocha Filho, destacou o trabalho realizado pelas unidades e a qualidade tecnológica empregada para a realização das análises. Segundo ele, reconhecidos em todo o país pela excelência em resultados.




    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    treze + onze =

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.