INDÚSTRIA DE CIMENTO PODERÁ SE INSTALAR EM CANDIOTA

Governador Eduardo Leite destacou o impacto positivo dos empreendimentos nas regiões alcançadas – Foto: Gustavo Mansur/Secom

Estado assina protocolo de intenções com a Hipermix para instalação de indústria de cimento em Candiota

O governo do Estado firmou, nesta quarta-feira (10/1), no Palácio Piratini, um protocolo de intenções com a empresa de cimento e argamassa Hipermix Sul. O objetivo é viabilizar um investimento de R$ 161 milhões da empresa para ampliação da fábrica já existente em Montenegro, no Polo Integrado da Química, e para a instalação de uma nova indústria em Candiota. O documento foi assinado pelo governador Eduardo Leite, pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Ernani Polo, e pelos representantes da Hipermix, Marcio Loucatelli e Diego Lugano.

O governador falou sobre a importância da criação de um ambiente favorável aos investimentos e destacou o impacto positivo dos empreendimentos nas regiões alcançadas. “Estamos felizes com esse anúncio já no início do ano e em poder viabilizar este investimento no Estado a partir de um ambiente favorável de competitividade. A empresa se instalou recentemente no Rio Grande do Sul, em Montenegro, e em pouco mais de seis meses já está anunciando uma ampliação e a construção de uma nova unidade. São investimentos que vão gerar emprego e renda e ajudar a alavancar a economia dessas regiões”, disse Leite.

Do valor total previsto, R$ 58,7 milhões serão investidos na expansão da atual fábrica de Montenegro. No projeto, estão a inclusão da reciclagem de novos materiais e o aumento do armazenamento e do recebimento de insumos. Para a implantação da nova unidade em Candiota, está prevista a destinação de R$ 102,5 milhões. A escolha do município se deu pela proximidade do fornecedor de resíduos, que será a empresa CGTE Eletrosul.

De acordo com o documento assinado, a empresa se compromete com a geração de 90 empregos diretos, dando preferência para a mão de obra local. Além disso, deve utilizar tecnologias que minimizem o impacto ambiental e priorizar a contratação direta e indireta de empresas estabelecidas no Estado, além de desenvolver ações voltadas à responsabilidade social.

O titular da Sedec destacou o trabalho de construção das condições para fixar os empreendimentos no Rio Grande do Sul e a importância do incremento da produção de cimento no Estado. “Nos empenhamos muito para criar as condições para que os empreendedores possam seguir investindo. São investimentos que vão aumentar a produção de um insumo que é utilizado diariamente em todo o território gaúcho. Hoje produzimos apenas a metade do que consumimos”, afirmou Polo.

Um dos principais diferenciais da companhia é a produção sustentável. Com reaproveitamento de resíduos, o produto é composto em mais de 55% por materiais reciclados. No Estado, a empresa aproveita os sedimentos e resíduos vindos da Braskem, em Triunfo. A Hipermix é uma das maiores empresas fornecedoras de concreto usinado do país, com mais de 30 unidades fixas no Brasil. A filial de Montenegro foi inaugurada em agosto de 2023 e gerou 40 empregos diretos já em sua implementação.

Também participaram do ato de assinatura a secretária do Meio Ambiente e Infraestrutura, Marjorie Kauffmann, o subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves.

Comentários