ESPECIAL DE DOMINGO: CONFIANÇA DO EMPRESÁRIO MELHOROU EM JUNHO     

Presidente Fecomércio RS, Luiz Carlos Bohn. FOTO: Emmanuel Denaui/ Agência Preview

A confiança dos empresários do comércio segue se recuperando, com destaque à melhor situação percebida no período de um ano, especialmente nas condições atuais e no indicador de investimentos

O Índice de Confiança dos Empresários do Comércio (ICEC-RS) atingiu os 118,6 pontos em junho de 2022. Esse nível foi o maior registrado desde dezembro de 2021 quando marcou 119,8 pontos. O nível atual deixou o índice 5,0% abaixo do pré-pandemia (mar/20 – 124,7 pontos). A pesquisa foi divulgada pela Fecomércio-RS na terça-feira, dia 05.Em linhas gerais, o resultado do ICEC-RS segue uma tendência de crescimento, recuperando perdas ocorridas após o pico atingido em novembro de 2021 (124,3 pontos). A melhora é mais evidente na avaliação de Condições Atuais, que registrou 104,8 pontos (o maior desde novembro 2021 – 106,1 pontos) e trouxe melhora em todos os aspectos analisados. Na comparação com o mês anterior houve aumento de 4,4% e em relação a junho 2021 a alta foi de 51,6%. “A melhora das condições atuais sinaliza uma percepção de melhora no volume de vendas e está relacionada com a reabertura da economia diante do controle da pandemia”, acredita o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn.

Na análise de expectativas, o subíndice registrou 143,0 pontos. Esse nível recuperou parte das perdas sofridas no mês anterior, tendo tido uma variação positiva de 1,0% na margem. Em relação ao mesmo período de 2021 houve aumento de 3,8%. Já em relação às expectativas do setor, enquanto nesta edição 83,9% dos respondentes indicaram esperar melhoras, na edição de junho de 2021 esse percentual era de 82,2%.

No eixo de Investimentos, o processo de recuperação do ICEC-RS fica claro sobretudo ao se observar a comparação interanual. Aos 107,9 pontos, apesar de estável na margem, na comparação interanual houve aumento no índice de 10,9%. Neste eixo, destaque para o bom resultado do indicador de nível de Investimentos (103,4 pontos), que apresentou crescimento de 26,4% na comparação interanual e 3,9% na margem.

Bohn afirma que os resultados do ICEC-RS mostram uma confiança em retomada, deixando clara a percepção de um cenário bem diferente quando se olha para o contexto do mesmo período de 2021. “A reabertura das atividades com o avanço consistente da vacinação, a reação do mercado de trabalho e os suportes adicionais liberados no primeiro semestre foram fundamentais para esse olhar mais positivo dos comerciantes. Apesar disso, sabemos que as condições mais apertadas de juros elevados vão ficar mais evidentes na atividade econômica, trazendo desafios adicionais aos negócios, que precisam estar preparados”, comentou o presidente da Fecomércio-RS.

Comentários