ÍNDICE DE DESEMPENHO AMBIENTAL 2021 DA PORTOS RS PREMIA VENCEDORES NO PORTO DO RIO GRANDE

A Portos RS realizou a entrega dos prêmios aos operadores portuários que participaram da edição 2022 do Índice de Desempenho Ambiental (IDA) do Porto do Rio Grande em relação às práticas de 2021. Foto: Divulgação – Portos/RS

A Portos RS realizou a entrega dos prêmios aos operadores portuários que participaram da edição 2022 do Índice de Desempenho Ambiental (IDA) do Porto do Rio Grande em relação às práticas de 2021. Na ocasião, estiveram presentes representantes da maioria das empresas que atuam no cais público rio-grandino.

Durante a fase de aplicação, que aconteceu no mês de maio, os operadores Sagres, Rocha ? Vanzin, Orion, Cetil, Nexus, AGM/Serra Morena e Livenport receberam um questionário composto por 19 perguntas. Depois de respondidas e apuradas, elas geraram uma nota que se transformou o índice ambiental de cada operador e formou o ranqueamento deste ano.

De acordo com o diretor de meio ambiente da Portos RS, Henrique Ilha, os critérios foram baseados no IDA aplicado pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) nos demais portos brasileiros. “Houve uma intensa participação dos operadores portuários e uma grande aceitação por parte deles”, celebrou o gestor. “Além de uma saudável competição entre eles, o próprio operador pode entender como está o seu crescimento em relação a si mesmo, como o que falta para melhorar, como está o seu desempenho ambiental através de um índice. Esse reconhecimento qualifica toda a estrutura portuária e provavelmente iremos estender para os terminais”, concluiu Ilha.

Segundo o coordenador de emergências ambientais da Portos RS, Bernardo Villwock, o Índice é dividido em dez categorias que avaliaram questões diversas, entre elas economia de água e luz. Um fator que qualificou ainda mais o processo foi o fato de que ações como essas tiveram que ser comprovadas pelos operadores a fim de contabilizar na pontuação. “São dez grandes grupos que acabam se tornando 19 indicadores. Aqui para nós esse índice é respondido pelos operadores e depois é gerada uma nota final, de acordo com a resposta deles. Com isso, é elaborada uma nota final e feito um ranking do primeiro ao sétimo por conta do número de operadores que temos no Porto”, completou Bernardo.

A primeira colocada foi a operadora Sagres, seguida por AGM/Serra Morena, Vanzin/Rocha, Orion, Livenport, Nexus e Ctil, nesta ordem.

Texto e edição: Rodrigo de Aguiar

Fotos: Divulgação/Portos RS

Jornalista responsável: Larissa Carvalho

Comentários