COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 12.04.2022

Caminhos da Zona Sul__________________________Paulo Gastal Neto

Futuro – O superintendente da Porto RS, Fernando Estima, participou na semana passada de uma audiência pública proposta pelo vereador Luciano Figueiredo-MDB), na Câmara de Vereadores de Rio Grande. Na ocasião, foi abordado o tema A Situação dos Portos do Rio Grande do Sul e as Estratégias Adotadas para o Futuro. O ato foi proposto pelo parlamentar em razão da mudança de natureza jurídica de autarquia para empresa pública, a qual a Superintendência do Porto do Rio Grande (Suprg) está passando para se transformar em Portos RS. Atualmente ela já é responsável pela administração do sistema hidroportuário, porém passará a ter mais autonomia em suas ações. Estima levou aos presentes uma exposição com informações sobre os portos do Rio Grande do Sul e sua infraestrutura de terminais públicos e privados. Além disso, apresentou a movimentação dos portos gaúchos no primeiro bimestre de 2022, que foi considerada a melhor de sua história. O Porto do Rio Grande, em especial, conta com um dos maiores e principais distritos industriais do estado, com área de 2.580 hectares, onde estão inseridas importantes indústrias que movimentam a economia gaúcha. O projeto Rio Grande Porto Indústria foi apresentado, assim como os investimentos de mais de R$ 9 bilhões projetados para os próximos anos.

***

Aero – A Infraero foi contratada pelo Governo do RS para gestão e operação do Aeroporto de Passo Fundo. O contrato firmado por meio da Secretaria de Logística e Transportes, tem prazo de 24 meses a partir da assinatura da Ordem de Serviço, podendo ser prorrogado. A proposta comercial apresentada pela Infraero inclui a gestão administrativa e operacional de aviação comercial (operação regular) do aeroporto e visa o gerenciamento das tarefas de rotina essenciais ao seu funcionamento. A Companhia também ficará responsável pelo atendimento dos requisitos normativos e regulamentos, nacionais e internacionais, relativos à aviação civil, à infraestrutura e à segurança operacional e aeroportuária, de acordo com o escopo do contrato.

***

Comércio – A CDL Rio Grande e São José do Norte fez parceria com a Prefeitura Municipal do Rio Grande na realização do Estação Páscoa Cassino 2022. O evento que busca dar clima diferencial ao período pascal no Balneário também contará com um Festival Gastronômico. São 11 restaurantes na Praia do Cassino que estarão com pratos exclusivos para o período e preços especiais. O evento transcorre de 08 a 17 de abril. Durante todo o período do Estação Páscoa, a CDL convida a comunidade da região sul para saborear os pratos especialmente preparados pelos restaurantes do Balneário Cassino.

***

Doença – A rede de farmácias São João abriu 20 novas lojas no RS no primeiro trimestre de 2022. A Rede é a 4ª maior do varejo farmacêutico do Brasil e a maior da região Sul (RS, SC e PR).  Atualmente são mais de 900 lojas, cerca de 15 mil colaboradores. Pena que não temos livrarias sendo abertas na mesma escala.

***

Finalmente – Com a presença do Presidente da República, Jair Bolsonaro, foi inaugurado na última sexta-feira, 08.04, o Contorno de Pelotas. O Presidente cumpriu agenda no Rio Grande do Sul – Pelotas, Bagé e Passo Fundo. O evento aconteceu no Centro de Eventos da Fenadoce. Foram investidos R$ 673 milhões no complexo viário, que conta com nova pista de rolamento, 11 viadutos, três pontes e ruas laterais. Ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, participa de solenidade que marca conclusão das intervenções. O ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, participou da solenidade de entrega das intervenções, seguida da liberação da via à circulação de veículos. As obras do complexo viário foram realizadas em duas etapas, totalizando 24km: serão entregues agora os últimos 12,7 quilômetros de melhorias, que vão do Arroio Pelotas, na BR-116, ao ao canal São Gonçalo, na BR-392. Além de uma nova pista de rolamento, foram construídos 11 viadutos, três pontes e ruas laterais. As obras aumentam a segurança no segmento, que corta área urbana, e garantem mais fluidez no tráfego em duas estradas fundamentais ao escoamento da produção gaúcha com destino ao mercado externo, pelo porto de Rio Grande.

***

Até a próxima!

Comentários