COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 05.04.2022

Caminhos da Zona Sul__________________________Paulo Gastal Neto

Mar – Mais uma vez o movimento dos portos do RS alcançou números excelentes: foram mais de 6,2 milhões de toneladas de carga movimentada em janeiro e fevereiro de 2022. A Superintendência dos Portos do Rio Grande do Sul (Portos RS) informou que este foi o melhor primeiro bimestre já contabilizado. Superou igual período de 2018, quando foram registradas 5.125.683 toneladas. O crescimento alcançou 21,6%. Os dados levam em consideração as operações realizadas nos portos de Rio Grande, Pelotas e Porto Alegre, além dos terminais existentes no complexo portuário de Rio Grande. Em relação a contêineres, houve a movimentação de 79.521 unidades entre cheios e vazios. Os destaques ficaram com soja (aumento de 395,95%) e trigo (+139%) em relação ao mesmo período do ano passado. Na sequência está o cloreto de potássio (+135%) e o arroz, que praticamente dobrou a movimentação (+99,89%).

***

ACP – A Associação Comercial de Pelotas, em Assembleia Geral de Eleição da nova Diretoria Executiva da Associação Comercial de Pelotas, definiu o advogado Fabrício Cagol como novo presidente. Cagol substitui o economista Mauro Bom. A Diretoria eleita para a Gestão 2022/2024, é composta também pelos vice-presidentes  Jorge Luiz Almeida da Silva (Indústria), Samuel Ongaratto (Comércio), Roger Pinto e Silva (Agronegócio) e Elisa Gioielli (Serviços).  Natural de Estrela-RS, Fabrício está há 12 anos na Associação Comercial, sendo oito deles como membro da Diretoria. Nas gestões dos ex-presidentes Max Teógenes Michels (2014-2016) e Jorge Almeida (2016-2018), atuou como Diretor de Relações Intersindicais. Já nas duas gestões do ex-presidente Mauro Bom (2018-2020/2020-2022) ocupou o cargo de Diretor de Assuntos Jurídicos. Graduado em Direito pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e pós-graduado em  Direito Tributário e Direito Ambiental, o novo presidente é sócio do escritório Moncks, Zibetti & Cagol – MZ Advocacia.

***

Obra – O eng. Claudio Teitelbaum, foi eleito novo presidente do  Sindicato das Indústrias da Construção Civil no Estado do Rio Grande do Sul (Sinduscon-RS). O diretor do Escritório de Engenharia Joal Teitelbaum liderou chapa única, assumindo o novo cargo a partir do dia 2 de maio. Claudio Teitelbaum  sucederá o presidente Aquiles Dal Molin Junior, que deixa o cargo ocupado entre 2017 e 2022, após duas gestões de grandes conquistas e avanços para a construção civil. Com grande vivência no Sinduscon-RS, tendo ocupado o cargo de vice-presidente em oito  gestões, apresenta como pilares estratégicos de sua gestão a inovação e o fortalecimento da cadeia produtiva da construção, visando a maior competitividade e o maior reconhecimento do setor, junto aos poderes públicos e à sociedade gaúcha,  enquanto motor do desenvolvimento  e em meio a um cenário de grandes desafios da economia. A nova gestão assumirá o mandato de dois anos, que se encerrará em 2024. Confira a nominata completa da nova diretoria: Presidente, Claudio Teitelbaum; vice-presidentes: Aldo Pinheiro, Alfredo Pessi Neto, Antonio Mary Ulrich, Carlos Augusto Gerhard, Daniel Goldsztein, Juliano Melnick, Leonardo Treiger Salvaterra, Luciano Bocorny Corrêa, Narciso A. dos S. Silva, Rafael Antonio Petry Lonzetti, Rafael Goellner Garcia, Renato Goldstein, Ricardo Michelon, Roberto Sukster, Rodrigo Aurichio Putinato, Rodrigo da Rocha Pavei, Romeu Oliveira Tomasetto, Sandra Axelrud Saffer e Sergio Gilberto Bottini Junior.

***

Avanço – A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) lançou novas funcionalidades do Sistema On-Line de Licenciamento Ambiental (SOL). Viabilizadas economicamente pelo Ministério Público Estadual (MP) e desenvolvidas por empresa terceirizada em parceria com a equipe técnica da Fepam, as melhorias abrangem áreas de denúncias ambientais, fluxos internos e atendimentos a demandas do MP e da Justiça. Os avanços do SOL trazem eficiência, retiram burocracias e conectam todos os atores do Sistema Estadual do Meio Ambiente, que são importantíssimos na cadeia ambiental do RS. A apresentação dos resultados foi realizada pelo chefe do departamento de Gestão Descentralizada da Fepam, Rafael Volquind, que destacou o período de 12 meses em que o trabalho foi desenvolvido por uma equipe de 11 pessoas. Entre os avanços, está o novo módulo para denúncias ambientais. A partir de agora o usuário, por meio da conta gov.br, plataforma unificada do governo federal, poderá registrar denúncia ambiental via SOL, mesmo estando fora de seu município de residência, de forma anônima ou não.

***

Até a próxima!

Comentários