RECEITA FEDERAL EM PELOTAS ARRECADA R$ 1,8 MI EM LEILÃO DE MERCADORIAS APREENDIDAS

Foto: Receita Federal apenas ilustrativa.

Dos 27 lotes ofertados, 02 foram excluídos e 23 foram arrematados no certame que registrou a participação de 251 proponentes e 56 licitantes habilitados, sendo encerrado com um Ágio de 206,97%.

A Delegacia da Receita Federal do Brasil em Pelotas realizou, no dia 23 de março, o 1º Leilão Eletrônico de 2022 para a venda de mercadorias e bens apreendidos, em atividades de combate e repressão ao contrabando e descaminho, destinado a pessoas físicas e pessoas jurídicas.

O Certame foi encerrado com uma arrecadação total de R$ 1.869.014,00, obtendo um ágio de 206,97%. Dos 27 lotes ofertados, 02 foram excluídos e 23 foram arrematados.

O lote de nº 18, composto por vestuários, alcançou o maior ágio, 1.201,39% sendo arrematado por R$ 520.555,00, em contrapartida o lote nº 22, composto por desodorantes, foi arrematado por R$ 16.800,00, obtendo o menor ágio, 78,33%.

Foram ofertados veículos, vestuário, eletrônicos e artigos diversos.

A visitação às mercadorias se deu de forma controlada, com adoção de todas as medidas preventivas no que se refere a pandemia.

A sessão pública foi aberta às 09h31 e foi registrada no sistema, a participação de 251 proponentes, sendo que, após a classificação e ordenação das propostas, foram habilitados 56 licitantes para participar da fase de lances.

Os recursos arrecadados entram diretamente na conta do Tesouro Nacional, com posterior distribuição na proporção de 40% para a seguridade social e 60% para o Fundo de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades de Fiscalização (Fundaf), regulamentado pelo § 5º, do art. 29, do Decreto-Lei nº 1.455/76.

Comentários