ABASTECIMENTO DE INSUMOS DE FERTILIZANTES É DEBATIDO EM REUNIÃO DA SNP COM PORTOS BRASILEIROS

O superintendente da Portos RS Fernando Estima informou aos participantes que Rio Grande não apresenta problemas relativos a espera e revelou que além do cais público também poderá ser aberto um espaço para atracação de navios no Estaleiro Rio Grande (ERG), espaço que vem sendo utilizado para operações de complementação de carga. Foto: Divulgação -Portos-RS

O superintendente da Portos RS, Fernando Estima, e o integrante do setor de Fiscalização da Portos RS, Luiz Henrique Dumont, participaram na sexta-feira (18) de uma reunião para tratar do abastecimento de insumos de fertilizantes. O encontro, no formato híbrido, foi convocado pelo secretário nacional de portos, Diogo Piloni, e contou com a presença de representantes portuários de todo o país para tratar sobre os impactos causados pelo conflito entre Rússia e Ucrânia.

Na ocasião, a Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda) apresentou um plano onde elenca as principais alternativas para evitar um desabastecimento das indústrias produtoras de fertilizantes. Entre elas, estão questões relacionadas a prioridade de berços, redução de tempo de espera para descarga, enquanto os assuntos diplomáticos e alternativas de abastecimento encontram novos tempos.

Fernando informou aos participantes que Rio Grande não apresenta problemas relativos a espera e revelou que além do cais público também poderá ser aberto um espaço para atracação de navios no Estaleiro Rio Grande (ERG), espaço que vem sendo utilizado para operações de complementação de carga. “O grande desafio se dá no abastecimento desses insumos e o Porto do Rio Grande já atende as demandas que foram debatidas”, completou.

Uma nova reunião no mesmo formato deverá ser realizada em 15 dias para reavaliar o cenário. Participaram da videoconferência o secretário de defesa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Luiz Eduardo Rangel, o diretor-executivo da Anda, Ricardo Tordorella, o diretor de logística da Yara Brasil, Alberto Rodrigues, a chefe de gabinete da Secretaria Nacional de Portos, Rita de Cássia Munk, e demais autoridades portuárias.

Texto e edição: Rodrigo de Aguiar

Foto: Divulgação/Portos RS

Jornalista responsável: Larissa Carvalho

Comentários