PELOTAS PARQUE TECNOLÓGICO E BRDE FIRMAM CONVÊNIO COM PROGRAMAÇÃO PARA OS 210 ANOS DE PELOTAS

O objetivo para 2022 é promover ainda mais eventos de empreendedorismo e inovação já neste 1º semestre do ano. A Diretora Executiva do Pelotas Parque Tecnológico, Rosâni Ribeiro, comenta que os bons resultados do ano passado impulsionaram as novas ações.

Além de workshops e lives, o convênio contempla novas edições do Pitch&Drinks
A parceria de sucesso do Pelotas Parque Tecnológico com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) irá se repetir neste ano, agora com o patrocínio de novas ações focadas principalmente em uma programação que comemora os 210 anos de Pelotas. O convênio assinado entre o parque e o BRDE promoverá ações híbridas, com lives que debaterão o futuro da cidade e também workshops e momentos de trocas de ideias e experiências entre empreendedores.O objetivo para 2022 é promover ainda mais eventos de empreendedorismo e inovação já neste 1º semestre do ano. A Diretora Executiva do Pelotas Parque Tecnológico, Rosâni Ribeiro, comenta que os bons resultados do ano passado impulsionaram as novas ações. “O BRDE é um parceiro que está nos ajudando a sermos ainda mais um ecossistema ativo e que faz a diferença na vida de quem está inovando, empreendendo e transformando a região. Teremos uma programação para homenagear Pelotas e também para colaborar cada vez mais com o desenvolvimento econômico, científico e inovador da cidade”, salienta.

Lives e workshops na programação
Um dos destaques das ações comemorativas aos 210 anos da cidade serão duas lives sobre Cidades Inteligentes. Os convidados abordarão os temas da tecnologia com foco no desenvolvimento de ambientes de inovação e suas empresas.

Além disso, nesse ano seguem os Pitch&Drinks, que tiveram alta adesão em 2021. O momento promove um encontro de negócios e networking para startups e empresas de tecnologia com apresentação de novos modelos de negócios com base tecnológica para aproximá-las de clientes B2B e B2C.

Dois workshops também contemplarão a programação, sendo um deles voltado para Modelos de Negócios, tratando sobre posicionamento de mercado e gestão de times. O evento permitirá analisar os produtos e serviços para melhorar a gestão de equipes e retenção e atração de talentos. Outro workshop será dedicado à comunicação, pitch e gravação de vídeos. Nele, os participantes poderão melhorar sua performance para a área comercial das startups através de técnicas de comunicação e apresentação para clientes e investidores.

Sobre o Pelotas Parque Tecnológico
O Parque, criado oficialmente em 2016, é gerido pela TECNOSUL – Parque Científico e Tecnológico, uma associação civil sem fins lucrativos de direito privado, caráter científico, tecnológico, educacional e cultural. Possui um Conselho de Administração (Consad), eleito a cada três anos. O Pelotas Parque Tecnológico é vinculado ao MCTI – Ministério da Ciência e Tecnologia em âmbito federal e a REGINP – Rede Gaúcha de Ambientes de Inovação no Estado do RS. Atualmente, 58 empresas atuam no Pelotas Parque Tecnológico, sendo 24 instaladas nas áreas geridas pelo Parque, 7 no coworking, 14 incubadas e 13 pré-incubadas. Entre as incubadoras estão a Conectar, Incubadora de Base Tecnológica da UFPel; CIEMSUL, incubadora de empresas multissetorial da UCPel e SENATEC, destinada às empresas júnior . Ainda, existem 25 instituições parceiras. O Parque oferece espaço coworking, com área gastronômica para 55 pessoas, auditório para 230 pessoas, duas salas de reunião e capacitações, Arena de inovação (espaço para pitchs e palestras) e estacionamento para 101 veículos entre carros e motos (82 carros e 19 motos).

Comentários