COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 28.09.2021

Caminhos da Zona Sul__________________________Paulo Gastal Neto

Investimentos – O Governo do Estado anunciou que cinco municípios foram selecionados na primeira etapa do projeto Iconicidades, iniciativa do que visa tornar as cidades gaúchas mais empreendedoras, inovadoras e criativas, além de estimular a retomada e a revitalização de espaços arquitetônicos simbólicos para estabelecimento desses novos negócios. Após as fases de habilitação e avaliação técnica, foram classificados para a próxima etapa as propostas apresentadas, dentre vários municípios, por Rio Grande e Pelotas. Em Rio Grande os molhes da barra ganham a iniciativa de um complexo turístico e de preservação ambiental, enquanto em Pelotas o espaço é antiga sede do Banco do Brasil com a proposta de um centro de gastronomia.

***

Empretec – A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do Rio Grande e São José do Norte promove, em parceria com o Sebrae, o Empretec, principal programa de formação de empreendedores do mundo. O participante passará por 60 horas de capacitação profissional, de 25 a 30 de outubro, em um seminário presencial intensivo através de jogos, exercícios e debates. As inscrições estão abertas até o dia 30 de setembro e as entrevistas serão entre 04 e 08 de outubro. O objetivo do programa, criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e promovido em 40 países – no Brasil exclusivamente pelo Sebrae -, é conhecer o perfil empreendedor, desenvolver competências para a vida profissional e aumentar as chances de sucesso do negócio através de práticas cientificamente fundamentadas.  O evento será realizado no Senac Rio Grande. Para mais informações sobre o Empretec, entre em contato com a CDL: (53) 3231-2155.

***

Micros – Os proprietários de pequenos negócios em débito com a Receita Federal podem aproveitar a oportunidade de renegociar suas dívidas até o próximo dia 30 de setembro. No momento, estão abertos diversos instrumentos que preveem condições diferenciadas para pagamento de débitos com a União. As simulações e adesões aos editais e pagamentos das parcelas são feitos de forma 100% digital, por meio dos portais Regularize da PGFN e pelo E-cac da Receita Federal. Muitas delas têm condições diferenciadas, como parcelamento em até 142 meses, bem como 100% de descontos em multas juros e encargos.

***

Cuba – A FEDERARROZ – Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul confirmou as negociações que geram os embarques de 60 mil toneladas de arroz beneficiado para Cuba. A exportação para o país da América Central foi firmada e 30 mil toneladas já foram enviadas para este mercado com operação pelo Porto de Rio Grande. As outras 30 mil toneladas tem projeção de embarque até o final deste mês. A notícia anima os produtores e trará parâmetros ao mercado orizícola brasileiro.

***

Recordes – o Porto do Rio Grande registrou em agosto o melhor mês de sua história, superando o recorde conquistado em maio deste ano. No oitavo mês de 2021, o cais público rio-grandino atingiu a marca de 4.704.476 toneladas, um aumento de 23,40% em relação ao mesmo mês do ano passado. Até agora, o Porto do Rio Grande soma 30.026.626 toneladas movimentadas de janeiro a agosto, número 13,29% maior do que nos primeiro oito meses de 2019, quando a movimentação atingiu 26.505.138 toneladas. O principal destaque segue sendo a Madeira, com uma variação de 218,43% em relação ao mesmo período de 2020. No período de janeiro a agosto de 2021, a exportação de soja em grão atingiu 9.202.831 toneladas, uma variação de 4,32% em relação à mesma janela temporal do ano passado, quando foram exportadas 8.821.500 toneladas.

***

O Porto de Pelotas atingiu a marca de 973.566 toneladas movimentadas no período de janeiro a agosto, número 42,88% maior que no ano de 2020. Entre as principais cargas estão as toras de madeira, clínquer e soja em grão, que movimentaram 107.506 toneladas, 24.661 toneladas e 8.787 toneladas, respectivamente.

***

O Porto de Porto Alegre tem nos Fertilizantes o maior índice de movimentações, com 519.507 toneladas movimentadas de janeiro a agosto. O Trigo soma 38.544 toneladas, as Demais Cargas atingiram 34.488 toneladas, e são seguidas pela Cevada, com 108.778 toneladas, e Sal, com 26.706 toneladas.

***

Até a próxima!

Comentários