UCPEL FIRMA CONVÊNIO COM SINDUSCON PARA APURAR O CUB DA REGIÃO SUL

Parceria entre universidade e Sinduscon será assinada nestaa quarta-feira

Levantamento de valores  na área da construção civil é inédito na região

Identificar preços de materiais e dos serviços prestados por profissionais da construção civil em Pelotas e cidades da região para construir um dos indicadores mais utilizados em investimentos imobiliários – o Custo Unitário Básico (CUB). Essa é a principal proposta da cooperação técnica entre a Universidade Católica de Pelotas(UCPel) e o Sindicato da Indústria e da Construção Civil (Sinduscon/Pelotas) que será firmada nesta quarta-feira (21), às 11h.  A assinatura  da parceria para a realização do projeto CUB Região Sul ocorre durante cerimônia virtual pelo canal da universidade no Youtube.

O curso de Engenharia Civil da UCPel, com apoio do Escritório de Desenvolvimento Regional (EDR), irá atuar no levantamento dos dados para que, pela primeira vez, seja divulgado o CUB com informações regionais. Alunos dos 6° e 8° semestres, vinculados ao programa de extensão – Engenharia Integrada à Comunidade,  irão planilhar dados compilados pelo Sindicato para criar um indicador com os  valores encontrados em Pelotas e cidades vizinhas. Segundo o coordenador do curso, professor Marco Antônio Lhullier Moreira, 25 insumos devem ser analisados, além de 10 categorias profissionais ligadas à construção civil. “Será um projeto extremamente desafiador, pois embasará o setor a nível de orçamento e realidade do custo da construção em toda a região”, avalia Moreira.

O projeto

O projeto CUB Região Sul  prevê a pesquisa de preços em cinco pilares ligados ao setor, que são parâmetros para os gastos com insumos e mão de obra de uma construção: aço, varejo, esquadrias, concreto e construtoras. O Sinduscon tem a perspectiva de fazer a captação de dados junto a 49 empresas e profissionais do ramo. A divulgação do CUB Região Sul deve ser trimestral e a primeira apresentação de resultados deve ocorrer em setembro.

Comentários