ROBOPEL 209 ABRE INSCRIÇÕES VOLUNTÁRIAS PARA PROPOSTAS DE OFICINAS

A edição do Robopel 209, evento realizado desde 2017 no mês de julho, está se aproximando, e o Pelotas Parque Tecnológico anuncia a abertura de inscrições voluntárias para a apresentação de propostas de oficinas, até 10 de maio. Voltado para toda a comunidade escolar pelotense, assim como no ano passado, o Robopel será transmitido de forma online, através do canal do YouTube (http://bit.ly/canalrobopel), e na rede aberta de televisão pela TV Câmara (sinal aberto 21.2 e NET canal 16).

Com o propósito de estimular educadores, empreendedores, alunos e interessados em novas metodologias para a educação, o Robopel 209 visa a disponibilização de oficinas com materiais de baixo custo e fácil acesso, para oportunizar o conhecimento através de ferramentas virtuais com práticas inovadoras. Para determinar as temáticas das oficinas, uma consulta aos professores pelotenses foi realizada através do Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE) da 5ª CRE, do Centro Tecnológico Educacional de Pelotas (CETEP) e da Secretaria Municipal de Educação e Desporto (SMED).

Os temas escolhidos são voltados à educação, à inclusão digital, ao desenvolvimento sustentável, à cultura e atividades de robótica, que podem ser consultados no documento de chamamento público nos editais no site do PPT (http://bit.ly/robopel209).

Orientação Técnica
As Propostas deverão ser encaminhadas através do preenchimento do formulário, que está disponível no link: http://bit.ly/inscricaorobopel209, até o dia 10 de maio. Os proponentes deverão submeter um vídeo de até 01 minuto com a apresentação do tema da oficina e indicação dos materiais necessários para a sua realização.

Caso a proposta seja selecionada, os proponentes devem se comprometer a participar da “Oficina de Formação em Roteiro e Captação para o Audiovisual”, com duração de 2h entre os dias 21 de maio e 31 de maio, via Google Meet. Após a participação na oficina, os selecionados deverão submeter o material gravado – que não precisa de edição – para os organizadores do evento. Ao fim, cada um terá o seu vídeo divulgado nas plataformas digitais disponibilizadas pelo Robopel e receberão um certificado de participação.

As dúvidas podem ser esclarecidas através do WhatsApp (53) 3026-6556 até 22 de abril.

Realização: Pelotas Parque Tecnológico; Escola Sesi Pelota; ELIMU, Reverso Comunicação Integrada; NTE- Núcleo de Tecnologia Educacional Pelotas/ 5ª CRE – Coordenadoria de Educação do Estado do RS ; CRIE/UFPEL; SMED- Secretaria de Educação de Pelotas; SDETI- Secretaria de Desenvolvimento, Turismo e Inovação ; Câmara de Vereadores de Pelotas e TV CAMARA e patrocínio do BRDE , Associação Comercial de Pelotas.

Sobre o Pelotas Parque Tecnológico
O Parque, criado oficialmente em 2016, é gerido pela TECNOSUL – Parque Científico e Tecnológico, uma associação civil sem fins lucrativos de direito privado, caráter científico, tecnológico, educacional e cultural.  O parque possui um Conselho de Administração (Consad), eleito a cada três anos, e atua em três grandes áreas nas quais o município já se destaca como polo: tecnologia da informação e comunicação; tecnologia em saúde e indústria criativa. Atualmente, 63 empresas atuam no Pelotas Parque Tecnológico, sendo 23 instaladas nas áreas geridas pelo Parque, sete no coworking, 15 incubadas, 18 pré-incubadas. Entre as incubadoras estão a Conectar, Incubadora de Base Tecnológica da UFPel; CIEMSUL, incubadora de empresas multissetorial da UCPel e SENATEC, destinada às empresas júnior. Ainda, existem 23 instituições parceiras. O Parque oferece espaço coworking, com área gastronômica para 55 pessoas, auditório para 230 pessoas, duas salas de reunião e capacitações e estacionamento para 65 carros. Ao todo, o Pelotas Parque gera 267 empregos diretos e 638 indiretos.

Comentários