COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 16.02.2021

CAMINHOS DA ZONA SUL_________________________Paulo Gastal Neto

www.caminhosdazonasul.com.br

Polo naval – O Estaleiro EBR, com sede em São José do Norte, abriu mais de duas centenas de vagas de trabalho na semana passada. O fato poderá ser um indicativo de uma retomada em pelo menos alguns trabalhos no canteiro de obras lá sediado. A Agência do Sine/FGTAS de São José do Norte tinha indicativos para os seguintes cargos: 90 vagas para o cargo de Soldador Tubulação Ligas Especiais (TIG, Arame Solido, Arame Tubular, MIG/MAG); 20 vagas para o cargo de Encanador Industrial (Com experiência comprovada); 100 vagas para o cargo de Caldeireiro (Com experiência comprovada);

***

Portos do RS – O ano de 2020 foi histórico para os portos do RS. Em junho, o Porto do Rio Grande movimentou 4,4 milhões de cargas, registrando o melhor mês da história do complexo portuário. Além disso, a ampliação do calado do canal de acesso – homologada em outubro passado – permitirá que ele receba, a partir deste ano, os maiores navios do mundo.

***

Exportações RS – Ao totalizarem US$ 784,2 milhões em janeiro, as exportações da indústria do Rio Grande do Sul aumentaram 4,9% na comparação com o mesmo mês de 2020. O resultado representa a segunda alta consecutiva, após sucessivas quedas no ano passado, mas ocorre sobre uma base de comparação muito baixa. Trata-se do segundo menor patamar para janeiro nos últimos cinco anos. O destaque positivo vai principalmente ao setor de Tabaco, que exportou um total de US$ 126,5 milhões em janeiro, crescimento de 86,2% (mais US$ 58,5 milhões) em relação ao mesmo período de 2020, em virtude dos embarques antecipados para a China. Contribuíram também para o resultado a elevação de 6,3% nas vendas de Couro e calçados (+US$ 3,8 milhões), de 60,9% em Máquinas e equipamentos (+US$ 23,9 milhões), 48,2% em Produtos de metal (+US$ 13,3 milhões) e 48,2% em Madeira (+US$ 9,1 milhões). Tiveram ainda participação relevante Metalurgia, com 85,4% de aumento – mais US$ 5,8 milhões – e Móveis, com 24,7% ou mais US$ 2,9 milhões.

***

Aérea – Depois de um dos anos mais difíceis para a aviação, o Rio Grande do Sul passará a contar, a partir de maio, com oito novas rotas regionais – incluindo cidades que há muitos anos não contam com voos comerciais. O anúncio foi feito pela Azul Linhas Aéreas durante visita do governador Eduardo Leite às instalações da empresa em Barueri (SP), na última sexta-feira (12/2). Bagé, Canela, Erechim, Santana do Livramento, São Borja, Santa Cruz do Sul, Santa Rosa e Vacaria são as novas bases de operação da Azul. Todos os voos terão ligação com Porto Alegre e serão cumpridos com as aeronaves Cessna Gran Caravan, de nove assentos, da Azul Conecta. A ampliação só foi possível pelo trabalho de aproximação do governo com as companhias áreas e da revisão dos incentivos à aviação regional.

***

Novas rotas – • Bagé – 4 voos semanais; • Canela – 7 voos semanais; • Erechim – 4 voos semanais; • Livramento – 3 voos semanais; • Santa Cruz do Sul – 4 voos semanais; • Santa Rosa – 4 voos semanais; • São Borja – 4 voos semanais; • Vacaria – 3 voos semanais. Todas as rotas com destino/origem Porto Alegre Previsão de início das rotas: maio. Início das vendas das passagens: março.

***

Rotas atuais e ampliações –  • Caxias do Sul – 1 voo diário (reiniciou voos em fevereiro); • Passo Fundo – 3 voos diários (a partir de 12 de maio); • Pelotas – 1 voo diário (reiniciou voos em dezembro de 2020); • Porto Alegre (não parou durante a pandemia); • Santa Maria – 1 voo diário (reiniciou voos em dezembro de 2020); • Santo Ângelo – 1 voo diário (reiniciou voos em fevereiro com 4 voos semanais, mas a partir de maio passará a ter 1 voo diário); • Uruguaiana – 1 voo diário (reiniciou voos em fevereiro com 4 voos semanais, mas a partir de maio passará a ter 1 voo diário).

***

RG – Rio Grande possui um Núcleo da Mulher Empreendedora da Câmara de Comércio. O grupo realizou a primeira reunião neste ano de 2021. O encontro foi realizado de forma virtual, que serão mantidos nesse formato até o mês de abril. Na pauta da reunião, foi tratada sobre a nova eleição para a coordenação do núcleo, que acontecerá no mês de abril. A primeira pauta do dia foi uma avaliação sobre o ano de 2020 e as ações realizadas pelo Núcleo, e em seguida, as nucleadas debateram ideias para o ano de 2021, incentivando o crescimento das participantes. O Núcleo se prepara, também, para a sensibilização de entrada de novas integrantes no mês de março e debateram a importância do conhecimento profissional, aprofundando os conceitos de empreendedorismo, e o conhecimento pessoal, para cuidar de cada uma.  A Câmara de Comércio fomenta o Núcleo da Mulher Empreendedora desde 2018 para o fortalecimento do empreendedorismo feminino na Cidade do Rio Grande.

***

Até a próxima!

Comentários