COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 09.02.2021

CAMINHOS DA ZONA SUL_________________________Paulo Gastal Neto

www.caminhosdazonasul.com.br

Exemplo I – Muitos em Pelotas se satisfazem em dizer que a cidade não possui industrias. Vivem num passado que expõe o retrocesso que ficou arraigado na gente pelotense por muitos anos e insiste em não sair de alguns. Mas essa não é a realidade. Na área de TI a cidade tem muito mais – se formos relativizar – do que no passado se formos comparar com as antigas chaminés das fábricas. Há aqui alta tecnologia. Um exemplo são as ‘indústrias’ que atuam no polo tecnológico e geram empregos aqui para profissionais que trabalham para empresas de fora. O trabalho on-line.

***

Exemplo II – No quesito trabalho presencial de alta tecnologia é razoável que se lembre que nossa cidade é sede da LIFEMED. E é justamente a LIFEMED, que em meio a tantas incertezas sobre um vírus novo, que essas empresas da área de saúde correm contra o tempo, cada dia mais, para trazer o que há de mais novo para o tratamento de pacientes, em busca de minimizar riscos e preservar vidas, como é o caso do lançamento do Ventilador Mecânico HRV 2020. Pois é justamente este ventilador que faz parte da linha de produtos emergenciais da LIFEMED que oferece eficiência operacional, baixo custo e a tecnologia de suporte a casos críticos que necessitam de suporte ventilatório emergencial e ou de transporte.

***

Exemplo III – Especialmente desenvolvido para pacientes críticos que necessitam de suporte ventilatório emergencial, o lançamento dispõe das seguintes características: produção 100% brasileira (fabricado em Pelotas); não utiliza energia elétrica; Invasivo e Não-Invasivo; QR Code traz: guia rápido, vídeo aulas exclusivas e manual; Sensor Lifeflow de fluxo, pressão e volume; compatível com ressonância magnética. O Ventilador Mecânico foi testado e aprovado tecnicamente pelos mais diversos especialistas da área médica em todo o Brasil.

***

Arroz “Os Novos Rumos do Sistema de Produção” é o tema da 31ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz e Grãos em Terras Baixas, que inicia nesta terça-feira (9) e se estende até a quinta-feira (11), na Estação Experimental Terras Baixas (EETB), da Embrapa Clima Temperado, em Capão do Leão. Este ano, por conta da pandemia de coronavírus, o evento será híbrido, presencial e pela internet. Segundo os organizadores, haverá uma limitação de 1,2 mil pessoas por dia, no evento, que abrange uma área total de nove hectares. A visita às vitrines tecnológicas, roteiro técnico e lavouras será diariamente, das 7h30 às 12h30. O ato da abertura oficial ocorrerá na quinta-feira (11), a partir das 14h, e tem a presença confirmada do vice-presidente da República, General Amilton Mourão, e também da ministra da Agricultura, Teresa Cristina, através de intervenção online. Segundo os organizadores, serão adotados protocolos para garantir a segurança dos participantes, tais como cadastramento antecipado e exclusivamente online, medição de temperatura, áreas diferentes para ingresso e saída do parque, uso obrigatório de máscaras e disponibilização de álcool gel.

***

Emprego – Conforme dados divulgados pelo Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged), Pelotas fechou o ano de 2020 com saldo negativo na geração de empregos. Foram 20.292 admissões para 21.231 desligamentos, totalizando uma perda de 939 postos de trabalho no município. Os números surpreenderam o coordenador do Escritório de Desenvolvimento Regional da Universidade Católica de Pelotas (EDR/UCPel), professor e economista Ezequiel Megiato, que almejava um melhor resultado. “Quando estávamos em março e abril do ano passado, esperava-se uma redução muito maior de empregos. Mas, o número de admissões aumentou com uma adaptação e uma maior previsibilidade em relação à pandemia”, avalia. Por outro lado, dezembro seria o mês que apresentaria saldos positivos, em virtude das contratações de Natal, mas isso não aconteceu. “Não é o pior cenário, mas não é bom. Em 2019, por exemplo, perdemos mais empregos”, cita o coordenador do EDR. Pelotas terminou em 2020 com 60.246 pessoas empregadas com carteira de trabalho assinada.

***

Camarão – A expectativa de uma safra de camarão na Lagoa dos Patos é boa, foi o que se percebeu durante a abertura oficial que ocorreu na semana passada na Colônia de Pescadores Z3. Cerca de 650 pescadores estão licenciados para ir em busca do camarão ‘rosa’, que pode ser pego, de forma legal, até o mês de maio. Segundo o presidente do Sindicato dos Pescadores, a última safra com ótimo resultado aconteceu no ano de 2013, onde capturaram cerca de 6 mil toneladas.

***

Até a próxima!

Comentários