INAUGURADA A NOVA PONTE DO GUAÍBA

Bolsonaro inaugura nova ponte do Guaíba e reitera que economia e saúde precisam andar de mãos dadas | Foto: Ricardo Giusti

O presidente Jair Bolsonaro participou, na quinta-feira, 10.12, da inauguração da nova ponte do Guaíba. Após fazer o descerramento da placa da obra ao lado do governador Eduardo Leite, o chefe de Estado brasileiro destacou que a entrega da estrutura sinaliza que o país pode dar certo. Além disso, em referência à pandemia do novo coronavírus, ele reiterou que a economia e a saúde precisam andar juntos. De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, a liberação do tráfego da freeway para Eldorado do Sul já está acontecendo. Neste domingo, será a vez da pista que fica no sentido oposto.

Ao mencionar a nova ponte do Guaíba, Bolsonaro comentou que trata-se de uma obra que não começou no governo dele. “Esta obra não começou conosco, como a grande maioria dos trabalhos. Mas nós falamos: ‘vamos terminar todas aquelas que são possíveis de terminar'”, disse. “Afinal de contas, entre iniciar uma obra e terminar outra, a diferença está no fato de ser muito mais proveitoso concluir um trabalho do que começar”, acrescentou.

Em seu discurso, Bolsonaro falou das ações econômicas do governo federal para auxiliar os que mais sofreram com a pandemia. Ele frisou o papel fundamental do auxílio emergencial. “Levou ajuda na veia de quem precisava”. “67 milhões de brasileiros precisavam disso. Salvamos milhões de empregos ajudando empresas. Não poupamos esforços para mandar recursos”, recordou.

Ponte foi inaugurada na quinta-feira / Foto: Ricardo Giusti

Bolsonaro também exaltou a atuação dos trabalhadores do campo. “O campo não parou. Tivemos um aumento anormal em alguns produtos, como a soja e o arroz. É menos ruim ter uma inflação do que um desabastecimento. Se o homem do campo tivesse ficado em casa, seria um caos no Brasil, e nós sabemos que a fome é uma péssima conselheira”, argumentou.

Comentários