DNIT AVANÇA COM AS OBRAS DE DUPLICAÇÃO NO CONTORNO DE PELOTAS

Equipes trabalham na construção do viaduto em dois entroncamentos

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) avança com as obras de duplicação no Contorno de Pelotas. O trecho de 23,69 quilômetros localizado nas Brs-116 e 392, que faz ligação ao Porto do Rio Grande pela BR-392 e é continuidade da BR-116/RS. Com 95% de execução, os serviços estão direcionados para as intersecções da BR-116 com a Avenida Cidade de Lisboa e da BR-392 com a via férrea.

Nesta quinta-feira (10), a pista do viaduto construído na intersecção da BR-392/RS com a via férrea, no km 65,4 da rodovia, em Pelotas, começa a operar em mão dupla, temporariamente, até que seja concluída a construção da estrutura.

Desde do início do mês, a pista sentido Jaguarão-Rio Grande está liberada ao tráfego. O viaduto integra as obras do Contorno de Pelotas – duplicação rodoviária localizada no sul do Rio Grande do Sul e que faz a ligação com o Porto de Rio Grande.

O Contorno de Pelotas opera com 21 quilômetros em pista dupla. O primeiro lote, de 11 quilômetros, foi concluído, enquanto que o segundo está em obras, mas já totaliza 10 quilômetros entregues ao tráfego. Somente este ano ocorreram três liberações, somando aproximadamente sete quilômetros. A previsão é que as obras de duplicação sejam concluídas até dezembro do ano que vem.

Comentários