ESPECIAL DE DOMINGO: PROJETO CICLOVIA DA INOVAÇÃO SERÁ LANÇADO DIA 29


O objetivo é promover a saúde, a sustentabilidade ambiental e a mobilidade urbana, além de fortalecer a marca de Pelotas como cidade das ciclovias

Pelotas Parque Tecnológico promove o lançamento oficial do Projeto Ciclovia da Inovação, dia 29 de outubro, às 15h, com atividades na área externa do Parque. O projeto visa consolidar Pelotas como um Polo Tecnológico com a primeira rota de Ciclovia da Inovação ligando o Pelotas Parque Tecnológico e as Instituições Acadêmicas, empresas e demais ambientes de inovação. Atualmente, Pelotas conta com 60 km de ciclovias e ciclofaixas; com a proposta do PlanMob, até 2028 esses números do sistema cicloviário deverão saltar para 226 km.

Promover a saúde das pessoas, a sustentabilidade ambiental e a mobilidade urbana além de fortalecer a marca de Pelotas como cidade das ciclovias, também estão ente os objetivos da proposta.  Rosani Ribeiro, diretora executiva do PPT, destaca que o projeto vai trazer maior engajamento das empresas do Pelotas Parque Tecnológico no uso das ciclovias, conexão com as Universidades e integração com parceiros da iniciativa privada e setor público.  “Existe um traçado na ciclovia municipal que já contempla esta integração entre o Parque, Instituições e empresas, e queremos potencializar ações para uso efetivo deste ativo. Saúde, mobilidade, sustentabilidade e conexão é o nosso proposito com este projeto”, destaca a diretora.

A ciclovia deve beneficiar um público de cerca de 35.000 alunos universitários e técnicos nas Universidades e Institutos Federais de Pelotas; cerca de 4.000 servidores e usuários vinculados as Universidades e público em geral. O município já conta com o Bike PEL, que consiste num sistema de bicicletas compartilhadas, com tecnologia QR Code via APP para destravamento e demais funcionalidades.

“Vários fatores levam ao crescimento das ciclovias e ciclofaixas em Pelotas e a prefeitura tem implementado elas em diversas obras. O Bike PEL também veio para complementar o uso da bicicleta particular. E a Ciclovia da Inovação vem para dar uma alternativa para deslocamento e uma nova dinâmica a um grupo de usuários do parque, universidades e escolas”, comenta o secretário de Transporte e Trânsito (STT) do Município, Flávio Al Alam.

Para Andressa Catharine, Diretora da Rabassa Seguros, a criação da ciclovia vai ao encontro de princípios importantes na corretora. “Temos que buscar meios mais sustentáveis de transportes, e incentivar um novo modo de vida, com sustentabilidade e segurança para todos. Além de já termos ciclovias prontas e em pleno funcionamento, temos também projetos para o aumento delas nos próximos anos. A Rabassa Seguros preza por proteção, segurança e tranquilidade a todos, e estarmos juntos no projeto da ciclovia da invocação é mais um passo para de alguma forma ajudarmos na criação de um novo estilo de vida”, afirma.

A primeira fase do projeto está sob coordenação do Pelotas Parque Tecnológico, com apoio da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito, que constituíram a Coordenação inicial do Projeto. O Projeto conta também com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação e parceiros Estratégicos: UFPEL, UCPEL, IFSUL, Faculdade Senac e Faculdade Anhanguera; Empresas: Rabassa Seguros, Bikepel, Bicileva, Co. Place, Reverso Comunicação.

Empresas e instituições poderão ser parceiras
Já está disponível um formulário on-line para que as instituições e empresas interessadas possam se conectar ao projeto contribuindo para sua implementação. As instituições e empresas parceiras receberão o selo “Empresa/Instituição Conectada a Ciclovia da Inovação”.

Conheça o trajeto da primeira fase:

Traçado – Pontos de Conexão:

Pelotas Parque Tecnológico
UFPEL – Campus Porto
UFPEL – Centro de Engenharias
UCPEL – Campus 1
UCPEL – Campus da Saúde
IFSUL – Reitoria
IFSUL – Campus Pelotas
IFSUL – Campus Visconde da Graça
Faculdade SENAC Pelotas
Faculdade Anhanguera de Pelotas

Traçado – Vias – 1ª Fase

Avenida Domingos de Almeida – Pelotas Parque Tecnológico – IFSUL Reitoria
Rua Gomes Carneiro – UFPEL Campus Anglo e Centro de Engenharias
Rua Felix da Cunha/Gonçalves Chaves – UCPEL e Faculdade SENAC Pelotas
Av. 20 de setembro – IFSUL – Campus Pelotas
Av. Fernando Osorio- Professor Araújo – Faculdade Anhanguera
Av. Salgado Filho – Avenida Ildefonso Simões Lopes – IFSUL CAVG
Outras vias de conexão: Avenida Dom Joaquim, República do Líbano e Andrade Neves

O projeto da ciclovia pode ser acessado pelo link:

Sobre o Pelotas Parque Tecnológico
O Parque, criado oficialmente em 2016, é gerido pela TECNOSUL – Parque Científico e Tecnológico, uma associação civil sem fins lucrativos de direito privado, caráter científico, tecnológico, educacional e cultural.  O parque possui um Conselho de Administração (Consad), eleito a cada três anos, e atua em três grandes áreas nas quais o município já se destaca como polo: tecnologia da informação e comunicação; tecnologia em saúde e indústria criativa.

Atualmente, 63 empresas atuam no Pelotas Parque Tecnológico, sendo 23 instaladas nas áreas geridas pelo Parque, sete no coworking, 15 incubadas, 18 pré-incubadas. Entre as incubadoras estão a Conectar, Incubadora de Base Tecnológica da UFPel; CIEMSUL, incubadora de empresas multissetorial da UCPel e SENATEC, destinada às empresas júnior. Ainda, existem 23 instituições parceiras. O Parque oferece espaço coworking, com área gastronômica para 55 pessoas, auditório para 230 pessoas, duas salas de reunião e capacitações e estacionamento para 65 carros. Ao todo, o Pelotas Parque gera 267 empregos diretos e 638 indiretos.

Comentários