COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 29.09.2020

CAMINHOS DA ZONA SUL____________________Paulo Gastal Neto

www.caminhosdazonasul.com.br

Portos – Entre janeiro e agosto, os portos públicos administrados pela Superintendência dos Portos do RS (Portos RS) – em Rio Grande, Porto Alegre e Pelotas – apresentaram aumento de 3,44% na movimentação de cargas em comparação com igual período de 2019. Em Rio Grande, a expansão chegou a 4,35%. No total, houve movimento de mais de 28,9 milhões de toneladas de todos os tipos de cargas. Ainda em Rio Grande, verificou-se uma diferença positiva de mais de 1.155.561 toneladas, mesmo durante a pandemia. De janeiro a agosto passaram pelo porto mais de 27,6 milhões de toneladas de todas os tipos de cargas, sendo cerca de 17 milhões para exportação. Desse total, 51% foram em embarque de soja em grão. O incremento desse produto relativo ao mesmo período de 2019 chegou a 16%. O principal destino das exportações continua sendo a China, com participação de 57%. Outro destaque positivo do período se refere ao aumento de 68% de exportação de arroz. No porto de Pelotas, de janeiro a agosto houve decréscimo de 0,98% na movimentação de carga. Entre as mercadorias, se destaca aumento de 4,78% no volume de toras de madeira. O resultado final ultrapassa 666 mil toneladas. O porto de Porto Alegre segue com restrições de calado do Canal da Feitoria, na Lagoa dos Patos, que passa por uma dragagem. Ainda assim, movimentou 585,5 mil toneladas.

***

Farmácia – A rede Panvel abriu na terça-feira (22/9) a sua nova loja em Pelotas. Esta é a 18ª filial da rede no Município e chega com uma grande variedade de produtos e serviços, também é mais um importante ponto de apoio às vendas realizadas pelos canais digitais da marca e Alô Panvel. A nova loja está localizada na esquina das ruas Gonçalves Chaves e Tiradentes Um dos destaques da nova loja é o Panvel Clinic, programa de atenção farmacêutica que inclui diferentes serviços, visando a auxiliar na eficácia dos tratamentos médicos e atuar como um agente de prevenção. Através de uma sala exclusiva instalada na loja, serão oferecidos verificação de pressão, glicemia e temperatura corporal, aplicação de injetáveis, colocação de brinco, entre outros cuidados farmacêuticos.

***

Turismo: retomada diferente – Uma iniciativa do Sebrae RS, em parceria com o governo do Estado, reúne dezenas de roteiros e passeios pelo RS. Durante alguns meses, por conta da pandemia, viajar ficou apenas no imaginário das pessoas, mas, aos poucos, os planos são retomados e os passeios começam a ser elaborados. Neste momento, a segurança ganha ainda mais relevância e a valorização dos negócios locais surge como aliada importante das atrações e roteiros. Por isso a plataforma Viva o RS ( www.vivaors.com.br ) que apresentará experiências de turismo e comercializará pacotes de viagens.  O site está a disposição dos gaúchos durante 40 dias. O projeto é uma iniciativa do Sebrae RS, em parceria com o governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico e Turismo, e do comitê de retomada do turismo. Na plataforma do Viva o RS o usuário poderá escolher e comprar o seu passeio por região ou estilo de viagem. Além disso, uma assistente digital de viagens irá ajudar quem está na dúvida e quer sugestões de dicas e experiências para fazer a viagem ideal, de acordo com o seu perfil.

***

Aero-RS – A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) informa que o governo federal autorizou, por meio de portaria a ser publicada, a liberação de voos internacionais que tenham como ponto de chegada, no Brasil, os aeroportos situados no Estado do Rio Grande do Sul. Segundo a Fraport, concessionária do aeroporto de Porto Alegre, a publicação da portaria ainda é aguardada. Assim que a liberação for autorizada, a previsão é de que os primeiros voos para o exterior recomecem em 22 de outubro, com a operação Porto Alegre-Lisboa, da TAP. Com a pandemia, o movimento no aeroporto chegou a cair 95% em abril, mas vem apresentando recuperação lenta, mas constante. A Fraport espera retomar o patamar de fluxo normal de passageiros apenas em 2025.

***

Até a próxima!

Comentários