PORTOS RS AVANÇAM NO PROJETO DE REVITALIZAÇÃO DO PORTO HISTÓRICO DO RIO GRANDE

Portos RS avançam no Projeto de Revitalização do Porto Histórico do Rio Grande

A renovação da licença foi alavancada após a visita da secretaria à cidade do Rio Grande onde na oportunidade foi apresentado o projeto de Revitalização.

No início de março, antes de ser decretada a pandemia do novo coronavírus no mundo, a revitalização do Porto Histórico foi a principal pauta da visita da secretária de cultura do estado Beatriz Araújo, e do diretor do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (IPHAE), Renato Savoldi. O projeto âncora conta com a participação do Porto e da Prefeitura e tem o objetivo de transformar a área do Porto Velho em um espaço de lazer e cultura para a comunidade.

Mesmo em tempo de pandemia, as ações da Portos RS para a retomada do projeto de Revitalização do Porto Histórico do Rio Grande continuam avançando. Essa semana a Portos recebeu um ofício do (IPHAE), através do seu Diretor Renato Savoldi, com a aprovação e renovação para execução do projeto.

A renovação da licença foi alavancada após a visita da secretaria à cidade do Rio Grande onde na oportunidade foi apresentado o projeto de Revitalização.

A ideia do superintendente é de retomar o projeto ainda este ano iniciando pelo Armazém A1, que abriga hoje o Acervo do Porto e será desativado para possibilitar que algumas ações previstas no projeto já possam ser implementadas com recurso próprio.

Paralelamente o processo para licitação de empresa para realização do restauro total do prédio deverá iniciar em breve. Ainda sobre o Armazém A1, através de uma parceria entre a Portos RS e a Delegacia da Receita Federal do Brasil do Porto do Rio Grande, foi autorizado pelo Delegado Marcos Gonçalves Colares a utilização de uma área no interior do prédio da Alfândega para abrigar temporariamente o arquivo de documentos localizado no armazém junto ao Acervo do Porto. Além disto tratativas com outras instituições estão em andamento para que possa ser transferido o acervo histórico para um local também temporário e que possibilite a continuidade da visitação pública do mesmo.

Referente à elaboração do projeto executivo para recuperação da estrutura do cais do Porto Histórico, a notícia é que está sendo firmado um convênio com a FURG para a execução.

Comentários