PORTOS RS PARTICIPAM DE DEBATE SOBRE ESTRATÉGIAS BRASIL – CHINA

    Fernando Estima participou na tarde de quinta, 21, do painel Estratégias Brasil-China na Zona Sul do RS promovido pela Frente Parlamentar Brasil-China da Assembleia Legislativa com apoio da Prefeitura do Rio Grande e Azonasul.

    O superintendente dos Portos RS, Fernando Estima, participou na tarde de quinta-feira, 21, do painel Estratégias Brasil-China na Zona Sul do RS promovido pela Frente Parlamentar Brasil-China da Assembleia Legislativa com apoio da Prefeitura do Rio Grande e Azonasul. O seminário Estratégias de Novos Negócios Brasil-China reuniu autoridades que debateram as relações comerciais entre os dois países e estão corroborando a criação de uma Câmara Brasil-China no Rio Grande do Sul.

    O superintendente dos Portos RS, Fernando Estima, abordou a importância do país asiático para a economia global, haja vista a população chinesa ser seis vezes o tamanho do Brasil. Além disso, o país asiático representa até outubro/2019, mais de 58% das exportações do porto do Rio Grande; mais de 9% das importações; totalizando 36,9% do total movimentado pelo complexo portuário.

    “Os Portos RS têm total interesse nessa aproximação e fortalecimento de relações e fará parte da agenda quando da vinda do Embaixador Chinês ao Estado para buscar a consolidação dessa Câmara”, afirmou o superintendente Estima.  Participaram do evento ainda o prefeito Alexandre Lindenmeyer, o deputado e presidente da Frente Parlamentar sobre esse tema na AL/RS, Jeferson Fernandes, o representante da Câmara do Comércio Brasil-China no RS, Paulo Tigre, o presidente da Azonasul Mauro Nolasco, a prefeita de São José do Norte Fabiany Zogbi Roig e os deputados estaduais Fernando Marroni e Fábio Branco.

    Após o encontro no Paço Municipal, o presidente da Frente Parlamentar, dep. Jeferson Fernandes visitou a sede da Superintendência dos Portos sendo recebido pelo superintendente Fernando Estima. Ele também conheceu a área operacional do Porto Novo, cais comercial do complexo portuário.




    Comentários