BR-116: TREZE HORAS DA R.U. ACOMPANHA REUNIÃO EM BRASÍLIA

    O presidente Jair Bolsonaro recebe nesta terça-feira no Palácio do Planalto, comitiva da Zona Sul do estado, coordenada pelo governador Eduardo Leite, para tratar da duplicação do trecho sul da BR-116 – Guaíba Pelotas. O Treze Horas da Rádio Universidade estará presente, juntamente com o grupo.

    O presidente do Centro das Indústrias de Pelotas (Cipel), Amadeu Fernandes, será o representante da classe industrial local durante a audiência desta terça-feira, às 15h, em Brasília, com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). As lideranças da região integram a comitiva liderada pelo governador do Estado, Eduardo Leite (PSDB), que busca o comprometimento do governo federal em priorizar os recursos para a continuidade das obras de duplicação da BR 116.

    A pauta é a principal bandeira do Cipel desde a posse de Fernandes, em maio de 2017, quando se observou a lentidão das intervenções em alguns trechos e a paralização das obras em vários lotes. “A estrutura de logística da região é condição determinante para a atração de novos investimentos, incremento de produção e competitividade de nossos empresas”, justificou o presidente.

    A agenda com Bolsonaro foi confirmada pela equipe do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni na última quarta-feira, exatamente no instante em que Eduardo Leite recebia chefes do Executivo da região. Mesmo que a rodovia tenha sido incluída na lista de prioridades do Ministério de Infraestrutura, as lideranças querem que a União assegure a ampliação de recursos à disposição para fechar o ano com pelo menos cem quilômetros concluídos. De acordo com o presidente da Frente Parlamentar em Defesa da duplicação da 116, deputado Afonso Hamm (PP), a obra precisa de mais R$ 150 milhões.  —  Pela força de trabalho que temos é possível entregar cem quilômetros até o final do ano, mas precisamos de mais recursos — reforça o deputado.

    Hoje, o orçamento previsto é de R$ 128 milhões, somando verbas da União e da emenda de bancada. O ministério já antecipou à bancada gaúcha que não haverá congelamento de verbas para esse empreendimentos. O Treze Horas, coordenado pelo jornalista Clayton Rocha, é precursor nesta pauta que aflige a região sul do estado. O repórter Paulo Gastal Neto estará em Brasília representando o programa.

    COMITIVA – Além de Eduardo leite e Amadeu Fernandes, a comitiva da região é composta pelas seguintes lideranças: Sergio Cogoy –  presidente Secovi Zona Sul; Gilmar Bazanella, secretário de Desenvolvimento, Turismo e Inovação, representando a Pr efeitura de Pelotas; Jair Machado prefeito de Barra do Ribeiro; Antônio Carlos Bacchieri Duarte – coordenador do Movimento Aliança Rio Grande, Presidente da Câmara de Comércio da Cidade do Rio Grande; Mauro Nolasco – presidente da Associação dos Municípios da Zona Sul (AZONASUL), prefeito de Capão do Leão; Ronaldo Soares Ulguim,  vice-presidente da Frente  Parlamentar em defesa do término das obras da BR 116  da Câmara de Vereadores de Camaquã; Pedro Hallal, reitor da UFPel; Luiz Henrique Viana, deputado estadual; Airton Viñas – presidente do SINDUSCON Rio Grande; Ivo de Lima Ferreira, prefeito de Camaquã e Selmira Fehrembach, prefeita de Turuçu.




    Comentários