EMPRESÁRIO LUIZ EDUARDO BATALHA PALESTRA NESTA TERÇA NA ACP

O maior investidor em oliveiras e proprietário da marca ‘Azeite Batalha’, empresário Luiz Eduardo Batalha faz palestra no Projeto Tá Na Hora na Associação Comercial de Pelotas. O evento ocorre nesta terça-feira a partir do meio dia no oitavo andar da ACP, no centro de Pelotas.    

Sim, nós poderíamos ter feito mais um azeite de oliva que, provavelmente, seria razoável e até faria algum sucesso. Porém, nosso compromisso com nossos clientes foi o de produzir o melhor azeite de oliva extra virgem do país, comparável aos melhores do mundo. Para tanto, foram visitados os melhores olivicultores da América do Sul, Europa, Estados Unidos e África do Sul.  Foram contratados mestres catadores de prestígio internacional e investimos em indústria própria de extração do azeite de oliva, equipada com maquinário italiano de ponta. Pesquisamos as variedades de azeitona que melhor se adaptassem ao nosso clima e encontramos no paralelo 31 do hemisfério sul o lugar ideal para o plantio de azeitonas. Não por acaso, o paralelo 31 passa pelos grandes produtores de vinhos e azeites: Argentina, Chile, Uruguai, África do Sul e Austrália. Exatamente onde se localizam nossos olivais, no município de Pinheiro Machado, Rio Grande do Sul. Focamos nossa atenção nos detalhes, do plantio à embalagem caprichada. A qualidade de nosso azeite foi atestada ao sermos incluídos entre os 500 melhores azeites de oliva do mundo no mais prestigiado Guia Internacional de Azeites, o “Flos Olei” da Itália. Tudo isso para termos o privilégio de levar o frescor e sabor inigualável do Azeite Batalha Extra virgem à sua mesa.

PALESTRA

Tema: ” A Trajetória do Empresário Luiz Eduardo Batalha e os Investimentos na Região Sul 
Palestrante: Luiz Eduardo Batalha – Empresário, presidente da Indústria de Pellets Pellco Brasil e proprietário da Estância Guarda Velha – Azeite Batalha .

Data: 26 (terça-feira) de março de 2019.

Horário: 11h45.
Local: Associação Comercial de Pelotas – Rua Sete de Setembro, 274 – 8º andar.




Comentários