CPRM – COMPANHIA DE PESQUISA DE RECURSOS MINERAIS – APRESENTA PROJETO PARA REGIÃO

Onze municípios fazem parte do projeto que está sendo realizado pelo  Serviço Geológico do Brasil (CPRM – Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais) para o levantamento de informações dos insumos minerais para a construção civil na região.  A apresentação da proposta, custeada integralmente pelo Governo Federal e prevendo intervenções nos próximos nove meses, foi realizada nesta quinta-feira, (8), na sede da Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul), em Pelotas, reunindo prefeitos, técnicos municipais, geólogos e representantes da CPRM.

Conforme o superintendente regional da CPRM, Aícaro Ferrari, a iniciativa visa promover o desenvolvimento da atividade mineira de forma sustentável, fornecer subsídios para a formulação de políticas públicas e contribuir para a minimização do impacto ambiental, promovendo  o desenvolvimento socioeconômico da região.  

Durante a apresentação técnica, as geólogas Daiane Hammes e Simone Zwirtes, destacaram a importância de novas descobertas de depósitos de argila para tijolos. Além disso, abordaram questões relativas ao uso das informações no plano diretor das cidades e nas políticas de urbanização, destacando que a expectativa pelo encontro dos depósitos de materiais de emprego imediato na construção civil é bastante viável e positiva, conforme as análises primárias já coletadas.

“ Temos uma grande oportunidade para a geração de empregos e renda em nossos municípios. Acredito no sucesso desta iniciativa”, disse o prefeito de Cerrito, Douglas Silveira.

INTEGRANTES – O projeto na região integra os municípios de Pelotas; Rio Grande; Cerrito; Arroio do Padre; Arroio Grande; Capão do Leão; Turuçu; Morro Redondo; Pedro Osório; Canguçu e São José do Norte.

Comentários