REDE ASSESSORADA PELA UCPEL TERÁ ESTANDE NA 91ª EXPOFEIRA DE PELOTAS

    A Rede Ficus – Valorização Sustentável, associada do Programa Redes de Cooperação, parceria realizada entre o Escritório de Desenvolvimento Regional da Universidade Católica de Pelotas (EDR/UCPel) e o Governo do Estado, estará presente na 91ª Expofeira com estande focado no tema sustentabilidade. A Ficus apresenta soluções seguras e inovadoras com o objetivo de tornar o mundo mais sustentável. A Feira ocorrerá entre os dias 09 e 15 de outubro na Associação Rural de Pelotas e o estande da Ficus será o 21C.

    Comemorando um ano após seu lançamento, realizado na 90ª Expofeira, a Ficus pretende expor nesta edição do evento seus três novos associados, além de promover soluções seguras e rentáveis que buscam sustentabilidade, harmonização e proteção ambiental. Conforme explica o presidente da Rede, Marcos Paulo Abe, a participação na Expofeira tem o principal objetivo de apresentar os associados e a Ficus como um todo, buscando a projeção no mercado. “Reunimos soluções seguras de adequação e qualificação para oferecer ao mercado produtivo”, comenta.

    Caracterizada por ser a primeira Rede de Sustentabilidade criada no Rio Grande do Sul, a Rede conta com seis empresas associadas, unidas através do trabalho em conjunto que compreende ética, comprometimento, qualidade, sustentabilidade e confiança. As empresas associadas possuem a missão de valorizar o negócio de seus clientes, tornando o mercado consumidor ambiental cada vez mais posicionado ao lado de empresas ambientalmente corretas.

    União para o desenvolvimento

    A assistência fornecida pela Católica garante capacitação aos empresários, que muitas vezes são aplicadas por docentes da Instituição. Promove também apoio jurídico prestado pelo Serviço de Assistência Jurídica (SAJ) e serviços realizados pelo Núcleo de Comunicação e Relacionamento. Segundo o consultor do Programa Redes de Cooperação da UCPel, Max Timm Beskow, o papel da Católica se caracteriza como um agente de transformação. “Com a ajuda de três consultores e uma gerente, conseguimos tirar a ideia do papel apresentada pelos empresários e aplicá-la no mercado, organizando as ações de forma ágil e eficaz”, comenta.

    A Ficus é composta pela Anselmi Advocacia, escritório voltado para o direito ambiental, tributário e propriedade intelectual; a Inove Energias Renováveis, especialista em projetos de energia fotovoltaica e eficiência energética; a Austral Soluções Ambiental na área de monitoramento de parâmetros ambientais e levantamentos hidrológicos; a Reference Agronegócios que presta auxílio ao produtor rural em diversas áreas do setor; a Sanitec realiza serviços de coleta e tratamento de efluentes, executando projetos de estações de tratamento de água e efluentes; e a Quimea Ambiental, que atua na área do meio ambiente e segurança do trabalho.

    O Redes de Cooperação é desenvolvido e operacionalizado através de convênios entre o Governo do Estado e universidades regionais do Rio Grande do Sul, que possuem articulação comunitária em suas áreas de atuação. O projeto é coordenado pela Secretaria do Desenvolvimento Regional Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado. Seu principal objetivo é potencializar a cooperação entre empresas, gerando um ambiente estimulador ao empreendedor e fornecer suporte necessário à formação, consolidação e desenvolvimento das Redes.

     




    Comentários