Pelotas: Avenida Dom Joaquim terá ciclofaixa mais larga

A contrapartida pela construção de um empreendimento imobiliário situado na Avenida Dom Joaquim, em Pelotas, vai colocar um ponto final na polêmica ciclofaixa existente até então, naquela via. Um espaço exclusivo para o trânsito de bicicletas, com 2,5 metros de largura, está sendo construído entre o canteiro central e a pista para veículos automotores, no sentido Fernando Osório/Juscelino Kubitschek.Parte da via está isolada para o trânsito de veículos em frente ao Seminário. A construção será feita acima do nível do asfalto, em bloquetes de concreto intertravado, coloridos na cor vermelha. A ciclofaixa ocupará 1,25 metro do canteiro central e 1,25 metro da pista de trânsito. A intervenção deve ser concluída entre 60 e 90 dias, e está sendo custeada pela empresa que constrói o Moinho Office.
Atualmente os ciclistas utilizam os dois lados do canteiro central, um para ir e outro para voltar, mas o espaço é estreito (em alguns pontos não chega a um metro de largura) e mal sinalizado.



Comentários

4 comments

  1. Thiago Braga Freire

    Boa notícia esta. A Dom Joaquim precisava, a há muito tempo, uma ciclo faixa. Local de encontros e práticas de atividades físicas. Espero que fique muito boa a obra, e que não seja mais uma vergonha como a Fernando Osório. Gostei das fotos da matéria. Valeu, abraço!

  2. Fábio

    A Dom Joaquim está ficando um horror a ponto de até os imóveis desvalorizarem.
    Isso por que está se tornando um point da cidade como a avenida Bento e não uma área residencial para seus moradores.
    Consequências? roubos, assaltos, caos no transito, engarrafamento principalmente aos fins de semana, vagabundagem, uso de drogas por adolescentes, pilantragem na calçada de residencias, lixo, etc.
    Por favor, deixem a Dom Joaquim! Nos moradores gostamos dela como é, ou seja, não queremos praças, ciclofaixas, academias ao ar livre, etc. Isso só atrai gente que não é do nosso bairro, torna-o de intransitável à perigoso.
    Por favor, poder público, invista em outras áreas da cidade. Locais precários de investimentos é que não falta.
    Obrigado!

  3. O Rio Grande do Sul cresce, Pelotas cresce!
    Estive lá há duas semanas e observei de perto, ou melhor, de dentro, o Shopping Pelotas. Agora entendi porquê o shopping tem de “incomum”. Tem por trás uma agência de publicidade, e o shopping é o que é, faz o sucesso que tem. Voltarei dia 27 de março e ficarei até o dia 6 de abril, pois quero ir em outros horários no shopping e outras atrações que não consegui ir neste curto tempo em que lá estive. Luiz Antonio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − sete =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.