Termasa/Tergrasa: “chip loader” e novo armazém

Ferramenta importante para atender à demanda do mercado africano e asiático por arroz ensacado, o equipamento conhecido como chip loader deve ser instalado no porto de Rio Grande até o fim de 2015.

– Hoje a maioria do arroz que sai é a granel – explica Dirceu Lopes, diretor-superintendente do porto.

Para a safra atual, um novo armazém está sendo construído no terminal Termasa/Tergrasa, com capacidade para 150 mil toneladas. A previsão, segundo Lopes, é que seja inaugurado em abril.

Fonte: Gisele Loeblein – Informe Rural – Jornal Zero Hora
________________________________________________________  
Curta o Blog no Facebook
Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   




Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 12 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.