Azul Linhas Aéreas deveria começar a operar em Pelotas ontem. Deveria.

No dia 19 de Dezembro de 2012 noticiamos aqui no Blog, com informações do site Melhores Destinos, que a Azul havia solicitado autorização para começar voar para Pelotas a partir de 20/02/2013 (ontem). Inicialmente seriam dois voos diários entre Pelotas e Porto Alegre operados em aviões ATR-72. Em Porto Alegre será possível fazer conexão para dezenas de destinos em todo o Brasil.

Os horários seriam os seguintes:


Porto Alegre 13:40h – 14:30h Pelotas  (Segunda a sexta)
Pelotas          15:10h – 16:00h Porto Alegre (Segunda a sexta)
Porto Alegre 00:05h – 00:55h Pelotas (Segunda a sábado)
Pelotas          05:10h – 06:00h Porto Alegre (Segunda a sábado)

Pois bem. O início das operações na data estipulada anteriormente não se confirmou, aparentemente por causa das exigências envolvendo a necessidade do aeroporto possuir uma brigada de incêndio para atuar 24 horas e também o equipamento de raio x para controle de acesso dos passageiros.  

De acordo com o site da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), foi feita uma nova solicitação por parte da Azul para os vôos iniciarem no dia 06/03/2012, nos seguintes horários: 

Porto Alegre 13:42h – 14:30h Pelotas          (Segunda a sexta)
Pelotas          15:10h – 16:07h Porto Alegre (Segunda a sexta)  

A rota noturna não aparece na nova solicitação, que está com status “em análise”. Entre os 10 itens presentes na planilha a única que não está “ok” é a relativa a GGFS-SIE (security).  

Release enviado pela Prefeitura de Pelotas no final da tarde de hoje diz que “os representantes da Infraero explicaram que está confirmado um voo diário, à tarde, porém, para o voo noturno, ainda aguardam a confirmação da Brigada de Incêndio. Segundo Anilson Gonçalves e Marcos Reis (superintendente da Infraero e coordenador de Navegação Aérea, respectivamente), a empresa informou que o início das operações em Pelotas deverá ocorrer em 20 de março.” 

Comentário – Observando de fora parece questão de tempo este voo. Com a fusão entre Azul e Trip muitos vôos foram sobrepostos e certamente foi aberto caminho para novas rotas. Além disso, parece haver uma disposição do governo federal em estimular rotas que envolvam cidades de porte médio. A questão é quanto tempo vai levar este imbróglio envolvendo os custos dos novos equipamentos e da operação da Brigada de Incêndio. Esperamos que em breve isso seja resolvido

________________________________________________________  
Curta o Blog no Facebook 

Siga o Blog no Twitter
Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.