EBR apresenta menor preço para módulos

Boa notícia para a região. O grupo EBR (Estaleiros do Brasil) apresentou o menor preço na concorrência da Petrobras para a contratação do serviço de construção, montagem e integração dos módulos da P-74 e P-76. A proposta de US$ 1,344 bilhão poderá ser a primeira encomenda do estaleiro que será construído em São José do Norte. O processo estava sendo disputado também pelo Jurong Brasil, Engevix, e os consórcios Technip/ Techint, e Queiroz Galvão/ Camargo Corrêa/ IESA. Na ultima etapa do processo, a Petrobras desqualificou o grupo CMO.

Segundo o Portal Energia Hoje, a proposta do grupo foi 23% menor em relação ao segundo colocado, o consórcio Andrade Gutierrez/GDK, que apresentou o valor total de US$ 1.694.997.820,60. De acordo com a repórter Claudia Siqueira, os envelopes comerciais foram abertos hoje (21/12) e a expectativa é de que o resultado final oficial da licitação seja divulgado até a primeira quinzena de janeiro. As propostas ainda terão que ser validadas pela comissão de licitação.

De acordo com o site, o valor da proposta do EBR surpreendeu os demais proponentes, que apontaram para a possibilidade de desclassificação do grupo por preço excessivamente baixo. O diretor presidente do EBR, Alberto Jesus Padilla Lizondo, afirmou que o grupo tinha a intenção de arrematar o contrato e, por isso, apertou os preços. “Queríamos ganhar e fizemos um trabalho forte junto a todos os fornecedores que estão com a gente nesse processo para que eles reduzissem seus preços. Participamos da concorrência dos módulos dos oito FPSOs replicantes e ficamos em último lugar, mas agora a meta era arrematar esse contrato”, afirma o executivo.


Com informações do Portal Energia Hoje.

  ________________________________________________________  
Curta o Blog no Facebook 

Siga o Blog no Twitter
Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   

Comentários

1 comment

  1. Pingback: EBR assina contrato com a Petrobras para construção e integração dos módulos da P-74 em São José do Norte | Caminhos da Zona Sul

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.