PELOTAS PARQUE TECNOLÓGICO E SICREDI REAFIRMAM PARCERIA PARA 2024

A parceria SICREDI com o PPT se estenderá ao Hub de Saúde e Biotecnologia, uma iniciativa que visa posicionar a região como um polo de excelência em pesquisa, desenvolvimento e inovação na área da saúde. Foto: Divulgação

O Pelotas Parque Tecnológico e o Sicredi renovaram e ampliaram a sua parceria estratégica para 2024, visando fortalecer ainda mais o ecossistema de inovação e saúde na região. Após uma colaboração bem-sucedida no ano anterior com a revitalização da Arena de Inovação do Sicredi no espaço de convivência do Pelotas Parque, novas ações devem ser estruturadas em breve.

Com a parceria, o Sicredi reafirma seu compromisso com o desenvolvimento regional ao confirmar sua participação no programa “InovaPel 2024 – Pensamento Global, Ação Local: Inovação e Desenvolvimento”. A iniciativa tem como objetivo principal promover a inovação e o desenvolvimento econômico sustentável na região, através do apoio a empreendedores, startups e projetos inovadores. Com a participação do Sicredi, o programa ganha ainda mais força e recursos, permitindo que mais ideias sejam transformadas em soluções concretas que beneficiam a comunidade local e impulsionam o crescimento econômico.

Além disso, a parceria se estenderá ao Hub de Saúde e Biotecnologia, uma iniciativa que visa posicionar a região como um polo de excelência em pesquisa, desenvolvimento e inovação na área da saúde. “Esta parceria reafirma o compromisso do Pelotas Parque Tecnológico e do Sicredi com o desenvolvimento regional, demonstrando que juntos podem alcançar resultados significativos e impulsionar o progresso e a prosperidade da região”, destaca a Diretoria Executiva do parque tecnológico, Rosâni Ribeiro.

Sobre o Pelotas Parque Tecnológico
O Parque, criado oficialmente em 2016, é gerido pela TECNOSUL – Parque Científico e Tecnológico, uma associação civil sem fins lucrativos de direito privado, caráter científico, tecnológico, educacional e cultural, sendo transformada em ICT – Instituto de Ciência e Tecnologia em 2023. Possui um Conselho de Administração (Consad), eleito a cada três anos, e atua em três grandes áreas nas quais o município já se destaca como pólo: tecnologia da informação e comunicação; tecnologia em saúde e biotecnologia e indústria criativa. Atualmente, 65 empresas atuam no Pelotas Parque Tecnológico, sendo 25 instaladas nas áreas geridas pelo Parque, sete no coworking, 22 incubadas e 10 pré-incubadas. Entre as incubadoras estão a Conectar, Incubadora de Base Tecnológica da UFPel; CIEMSUL, incubadora de empresas multissetorial da UCPel e SENATEC, destinada às empresas júnior. Ainda, existem 25 instituições e empresas parceiras. O Parque oferece espaço coworking, com área gastronômica para 55 pessoas, auditório para 230 pessoas, três salas de reunião e capacitações, estacionamento para 75 carros e motocicletas e um FabLab para atividades voltadas à educação e inovação. Ao todo, o Pelotas Parque gera 285 empregos diretos e 700 indiretos.

Comentários