ESPECIAL DE DOMINGO: REFINARIA DE PETRÓLEO RIOGRANDENSE INAUGURA ESPAÇO JUNTO AO OCEANTEC

Na tarde da última sexta-feira, 23, foi inaugurado o ambiente de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), da Refinaria de Petróleo Riograndense junto ao Parque Científico e Tecnológico da FURG (Oceantec). A empresa foi selecionada na primeira colocação durante chamada pública de edital realizada no final de 2022. A ação tinha como objetivo ampliar o conjunto de empresas residentes no parque.

De acordo com o presidente do Oceantec, Artur Gibbon, a Refinaria possui um histórico antigo de parcerias com a FURG, e, portanto, para a instituição é muito gratificante e importante contar com sua presença física na universidade, além de, assim, poder acompanhar institucionalmente o seu desenvolvimento tecnológico atentamente.

“Para nós é ótima essa assinatura com a Refinaria. A empresa está no DNA da criação da FURG, além de ser de extrema importância para a cidade enquanto companhia promotora de inovação”, destacou Gibbon. A Refinaria também foi a primeira instituição a firmar contrato com a unidade Embrapii da FURG, o  iTec.

Para o reitor, Danilo Giroldo, este é mais um passo na consolidação da relação – já muito bem sedimentada -, entre a universidade e a Refinaria de Petróleo Riograndense. “Essa parceria histórica foi muito importante para a consolidação da FURG durante seus primeiros anos de atividade, e até mesmo antes da sua criação. A Refinaria fomentou o ensino superior no território e foi extremamente importante para o início das atividades da instituição”, explicou o gestor.

Ainda de acordo com Giroldo, a aproximação entre ambas instituições se transformou em uma cultura institucional que perpassa gerações – e limites geográficos -, dentro da universidade. “Esta relação de longa data com a Refinaria fomentou a cultura institucional da FURG de preocupar-se com os problemas do território; o que também se observa, atualmente, nas relações entre a universidade e os demais municípios onde se instalou, por meio dos campi de São Lourenço do Sul, Santo Antônio da Patrulha, e Santa Vitória do Palmar”, concluiu o reitor.

Comentários