YARA PRESENTE NO LANÇAMENTO DAS ESTRATÉGIAS DE HIDROGÊNIO VERDE NO RS

O governador Eduardo Leite afirmou que uma das metas da gestão é fazer do Rio Grande do Sul um local destacado para esses investimentos. Foto: Blog da Yara / Divulgação

A Yara Rio Grande esteve presente no Instituto Ling, em Porto Alegre, na solenidade que divulgou estratégias que serão adotadas a fim de desenvolver a cadeia de hidrogênio verde no RS. O governador Eduardo Leite afirmou que uma das metas da gestão é fazer do Rio Grande do Sul um local destacado para esses investimentos.

O hidrogênio, que é o elemento químico mais abundante na natureza, é considerado o combustível do futuro no Rio Grande do Sul e em várias partes do Brasil e do mundo. Os grandes acordos internacionais preveem que o hidrogênio verde (H₂V) se tornará um importante recurso energético até 2050. O impacto potencial desta tecnologia no Rio Grande do Sul é de injeção de até R$ 62 bilhões no PIB, ou seja, mais 11% a partir do dado econômico de 2021, e geração de 41 mil empregos, ambos até o ano de 2040.

Cristiano Rodrigues Barcellos, Gerente de Operações Sênior da Unidade Rio Grande, esteve presente no evento, representando a Yara Brasil, já que esse é um tema de extrema importância para um futuro cada vez mais verde, em um planeta respeitado. “É de conhecimento geral que a produção de energia e produtos com baixa emissão de CO2 são fundamentais para a redução dos problemas ambientais decorrentes das mudanças climáticas. Neste contexto, o H₂V produzido a partir da eletrólise da água pode ser considerado o combustível do futuro, sendo uma das possíveis fontes para a produção do fertilizante verde. Nós, da Yara, apoiamos esta iniciativa pioneira no Brasil. A produção do hidrogênio verde transformará a matriz enérgica do Estado contribuindo para a descarbonização da economia, a melhoria do meio ambiente e a evolução da nossa indústria”, salienta Cristiano

Comentários