PELOTAS PARQUE TECNOLÓGICO RECEBE DUAS NOVAS EMPRESAS DE TECNOLOGIA

Rosâni Ribeiro, Diretora Executiva do Pelotas Parque, destaca a satisfação de receber empresas com essências da indústria criativa e iniciativas inovadoras: “Estamos muito contentes com os resultados do edital de seleção e os novos talentos que temos recebido nos últimos meses. O ingresso de novas empresas traz a oxigenação de ideias e iniciativas colaborativas,  desenvolvendo o nosso ecossistema e fortalecendo todas as nossas ações na região”, pontua.

No último mês, através do Edital de Seleção Tecnosul, duas novas empresas entraram para o ecossistema da inovação do Pelotas Parque Tecnológico: A Sextante, empresa especializada em tecnologia e software, e a Captur Investimentos, com foco em investimentos e crescimento de startups. A chegada das novas sediadas se une às últimas novidades do local, com o planejamento de ações e projetos inéditos, que encaminham o fortalecimento do parque tecnológico como referência em toda a região.

Rosâni Ribeiro, Diretora Executiva do Pelotas Parque, destaca a satisfação de receber empresas com essências da indústria criativa e iniciativas inovadoras: “Estamos muito contentes com os resultados do edital de seleção e os novos talentos que temos recebido nos últimos meses. O ingresso de novas empresas traz a oxigenação de ideias e iniciativas colaborativas,  desenvolvendo o nosso ecossistema e fortalecendo todas as nossas ações na região”, pontua.

Sextante 
Especialista em desenvolvimento e manutenção de software, relacionamento com empresas locais e capacitações, a Sextante chega ao Pelotas Parque Tecnológico com iniciativas de desenvolvimento de novas ferramentas. Administrada pelo Sócio Fundador, Maurício Pinto Brandalise, a empresa possui foco em linguagens de programação como Python, Typescript, JavaScript, Docker, Angular, NGINX, SQL, Linux e demais áreas.

De acordo com Brandalise, a entrada da Sextante no local vem acompanhada de um momento positivo de desenvolvimento e perspectivas futuras. “Buscamos o Pelotas Parque por acreditar nas diversas oportunidades oferecidas, como networking com empresas inovadoras, visibilidade e possibilidade de geração de parcerias com clientes e fornecedores. Além disso, a Sextante  se encontra em um momento de desenvolvimento bastante positivo, por isso, buscamos ainda mais o fortalecimento da empresa, e estamos muito satisfeitos em poder usufruir da excelente infraestrutura do PPT”, conclui.

Captur Investimentos 
Buscando revolucionar e dar simplicidade aos investimentos em startups, a Captur Investimentos é especializada em captação de investimentos através de equity crowdfunding e negociações. Através do desenvolvimento de uma nova plataforma, a empresa desenvolverá a tokentização de ativos através de tecnologia blockchain.

Mauricio Allemand, CEO da Captur, destaca o potencial da tecnologia desenvolvida para o auxílio de diversas iniciativas de Pelotas e região. “A nossa chegada ao Pelotas Parque é essencial, tanto para contribuir com o ecossistema como para auxiliar startups que queiram captar recursos e investidores que desejam investir em novas empresas com alto potencial de crescimento. Por isso, esperamos poder auxiliar e orientar um grande número de empresas da nossa região”, pontua.

Oportunidades
O edital contínuo segue selecionando empresas e projetos de base tecnológica. Os espaços variam entre 15m² a 250², e podem se inscrever startups, empresas iniciantes de médio ou grande porte, com base prioritária para saúde, tecnologia da informação e comunicação, e indústria criativa para o ecossistema de inovação em Pelotas. Acesse o edital: https://bit.ly/selecaotecnosul.

Sobre o Pelotas Parque Tecnológico
O Parque, criado oficialmente em 2016, é gerido pela TECNOSUL – Parque Científico e Tecnológico, uma associação civil sem fins lucrativos de direito privado, caráter científico, tecnológico, educacional e cultural. Possui um Conselho de Administração (Consad), eleito a cada três anos, e atua em três grandes áreas nas quais o município já se destaca como polo: tecnologia da informação e comunicação; tecnologia em saúde e indústria criativa. Atualmente, 63 empresas atuam no Pelotas Parque Tecnológico, sendo 23 instaladas nas áreas geridas pelo Parque, sete no coworking, 15 incubadas, 18 pré-incubadas. Entre as incubadoras estão a Conectar, Incubadora de Base Tecnológica da UFPel; CIEMSUL, incubadora de empresas multissetorial da UCPel e SENATEC, destinada às empresas júnior. Ainda, existem 23 instituições parceiras. O Parque oferece espaço coworking, com área gastronômica para 55 pessoas, auditório para 230 pessoas, duas salas de reunião e capacitações e estacionamento para 65 carros. Ao todo, o Pelotas Parque gera 267 empregos diretos e 638 indiretos.

Comentários