TCU CONFIRMA SUSPENSÃO DO REAJUSTE DOS PEDÁGIOS DO POLO DE PELOTAS

Tarifas devem ser reduzidas no Polo Pelotas.

Em sessão na tarde da quarta-feira (22), o plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) referendou, por unanimidade, a decisão do ministro Augusto Nardes de suspender o reajuste dos pedágios do Polo de Pelotas, na Zona Sul do Estado. Nardes atendeu ao pedido de medida cautelar dos deputados Daniel Trzeciak (PSDB-RS) e Marcel van Hattem (Novo-RS) que solicitava a suspensão.

Com a decisão, a tarifa dos pedágios retorna para R$ 12,30 para veículos de passeio – valor anterior ao reajuste de quase 8% autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) em agosto deste ano. De acordo com o ministro Nardes, o valor do pedágio será de R$ 12,30 até a discussão do mérito da ação e que “este ano deve permanecer neste valor”.

Uma auditoria do próprio Tribunal de Contas da União, já apontou irregularidades no cumprimento do contrato por parte da concessionária Ecosul. Hoje, o pedágio do Polo de Pelotas é um dos mais caro do país.

Comentários