ROBOPEL-209 CELEBRA MAIS UMA EDIÇÃO DE SUCESSO DO EVENTO EM FORMATO DIGITAL

Realizado no mês de aniversário de Pelotas, o Robopel-209 teve duração de 30 dias com programação variada para alunos e educadores da região.
Mais uma edição do evento Robopel, promovido pelo Pelotas Parque Tecnológico e parceiros, foi realizada no mês de julho com oficinas e rodas de conversa para estudantes e professores de Pelotas e Região. A programação encerrou no último final de semana após 30 dias, com formato 100% virtual e transmissão pelas redes sociais do Robopel, no YouTube, página do Facebook e pela rede de TV aberta em parceria com a TV Câmara.Ao longo do mês de aniversário de Pelotas, 26 oficinas foram realizadas com temáticas como novas perspectivas para a educação, workshops de artes, ensino remoto, utilização de ferramentas tecnológicas e educação ambiental. Além disso, o quadro “De Profe para Profe” foi a novidades dessa edição e promoveu conversas sobre projetos desenvolvidos por professores e pesquisadores de cidades como Pelotas, Canguçu, Arroio do Padre, Turuçu, Herval, Arroio Grande e Piratini para o auxílio e orientação de novas ideias e perspectivas de aprendizagem desde a alfabetização até práticas pedagógicas remotas.

De acordo com Tiago Thompsen Primo, integrante da Comissão organizadora do evento e Diretor Técnico do Pelotas Parque, os conteúdos das oficinas trouxeram um alto valor de conhecimento. “O modelo remoto nos possibilitou uma ampliação do Robopel para outras cidades e foi incrível promover essa conexão entre escolas do interior, escolas de Pelotas, Universidades, startups, professores e alunos que ajudaram a compor e criar as atividades do Robopel-209. Estamos muito felizes com o resultado e esperamos que os conteúdos tenham sido uma inspiração para toda a rede de educação”, destaca.

A Diretora Executiva do Pelotas Parque, Rosâni Ribeiro, destaca a participação voluntária de todos que fizeram o Robopel 209 acontece. “A atuação do Robopel há quatro edições não nos deixa dúvidas da sua importância para a construção de uma educação participativa, criativa e inovadora. Temos convicção de que estes pilares irão revolucionar o ensino das presentes e futuras gerações, e ficamos completamente felizes de fazer parte da construção desse futuro”, enfatiza. Um dos destaques nesse ano foi a participação de oficineiros de outras regiões do Estado, que graças à modalidade online também enviaram o seu conteúdo.

Toda a programação do Robopel-209 segue disponível e pode ser acessada no YouTube do Robopel (bit.ly/CanalRobopel) e na página do Facebook (facebook.com/Robopel209).

Sobre o Robopel 209
O Robopel 209 é uma realização Pelotas Parque Tecnológico; Prefeitura Municipal de Pelotas com SDETI – Secretaria de Desenvolvimento, Turismo e Inovação e SMED – Secretaria Municipal de Educação e Desporto; Escola Sesi Pelotas; Reverso Comunicação Integrada; ELIMU Social; NTE – Núcleo de Tecnologia Educacional Pelotas/ 5ª CRE – Coordenadoria de Educação do Estado do RS; CRIE/UFPEL; CETEP – Centro Tecnológico Educacional de Pelotas / SMED- Secretaria Municipal de Educação. Conta com apoio da Câmara de Vereadores de Pelotas; TV CÂMARA; Sebrae; Diário Popular; K2TV; AZONASUL; COPES – CONSÓRCIO EXTREMO SUL; COPLACE e IFSUL.

O Robopel-209 conta ainda com o patrocínio da Associação Comercial de Pelotas, do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), da Cigam Software de Gestão e da Rabassa Seguros.

Sobre o Pelotas Parque Tecnológico
O Parque, criado oficialmente em 2016, é gerido pela TECNOSUL – Parque Científico e Tecnológico, uma associação civil sem fins lucrativos de direito privado, caráter científico, tecnológico, educacional e cultural. Possui um Conselho de Administração (Consad), eleito a cada três anos, e atua em três grandes áreas nas quais o município já se destaca como polo: tecnologia da informação e comunicação; tecnologia em saúde e indústria criativa. Atualmente, 63 empresas atuam no Pelotas Parque Tecnológico, sendo 23 instaladas nas áreas geridas pelo Parque, sete no coworking, 15 incubadas, 18 pré-incubadas. Entre as incubadoras estão a Conectar, Incubadora de Base Tecnológica da UFPel; CIEMSUL, incubadora de empresas multissetorial da UCPel e SENATEC, destinada às empresas júnior. Ainda, existem 23 instituições parceiras. O Parque oferece espaço coworking, com área gastronômica para 55 pessoas, auditório para 230 pessoas, duas salas de reunião e capacitações e estacionamento para 65 carros. Ao todo, o Pelotas Parque gera 267 empregos diretos e 638 indiretos.

Comentários