PROGRAMAÇÃO DE OFICINAS DO ROBOPEL-209 SEGUE ATÉ O FIM DE JULHO

Marcando o aniversário de 209 anos da cidade de Pelotas, o Robopel-209 foi lançado no início do mês e está levando a robótica e educação em oficinas que seguem até dia 30. O evento é transmitido pelas redes sociais do Robopel, na página do Facebook (facebook.com/Robopel209), no canal do YouTube (ROBOPEL) e na rede aberta de televisão pela TV Câmara (sinal aberto 21.2 e NET canal 16).

Alinhado com os princípios de inovação, tecnologia e empreendedorismo, já foram realizadas oficinas voltadas para o desenvolvimento de jogos, relações entre música e tecnologia, educação ambiental e novas perspectivas para a educação. Até o fim do mês, ainda estão previstas oficinas com temas voltados para alfabetização, empreendedorismo, uso de ferramentas do Google para a educação e ensino híbrido.

Quadro “De Profe para Profe”
Com o objetivo de apresentar projetos de educação desenvolvidos pelos municípios da Zona Sul, a partir do dia 13 de julho se inicia o quadro “De Profe para Profe”, que promove bate papos entre secretários e educadores de Pelotas, Canguçu, Arroio do Padre, Turuçu, Herval, Arroio grande e Piratini. O quadro conta com 9 entrevistas, que serão transmitidas pelas redes sociais do Robopel e pela TV Câmara às 11h30. Informações sobre datas e temas das entrevistas podem ser obtidas no site pelotasparquetecnologico.com.br/.

Confira a programação do Robopel-209  até o dia 30 de julho:

15/07 – Usando áudios no Google Formulários: Prof.ª Georgia Stella Ramos do Amaral e Prof.ª Lenir Maria Rossarola (NTE Santa Cruz do Sul);
15/07 – Cards com circuito de papel: Prof.ª Lenir Maria Rossarola e Prof.ª Georgia Stella Ramos do Amaral (NTE Santa Cruz do Sul);
16/07 – Recreio Virtual e suas propostas criativas: Prof.ª Fernanda Tamborindeguy Moura (Escola do SESI);
19/07 – A utilização do kinemaster para editar vídeos na Educação Infantil: Prof.ª Fabiane Weber da Silva (E.M.E.F Francisco Caruccio);
20/07 – Interfaces entre música e matemática através da construção de um monocórdio com a utilização de um afinador eletrônico: Aluna Bruna Amorim de Alencar Costa (Escola do SESI);
21/07 – Dispenser automático de álcool gel: Aluna Antônia Felix Cardoso (Colégio Estadual Getúlio Vargas, de Pedro Osório);
22/07 – O Fantástico Mundo dos Games: Uma aventura no Google Apresentações: Prof.ª Adriani Mello Felix e Prof.ª Tais Moraes Barros (Colégio Estadual Getúlio Vargas, de Pedro Osório);
23/07 – Adaptando o Modelo de Ensino Híbrido Rotação por Estações no ensino remoto: Prof.ª Adriane Carrilho Esperança (SMED Pelotas/PPGCITED do IFSUL/CAVG);
26/07 – Promoção de Conhecimento para o Desenvolvimento de Projetos sobre Sustentabilidade na Escola: Prof. Felipe Abreu da Silva, Prof. Cassiano Zolet Busatto e Prof. Gustavo Medina Tavares (Escola do SESI);
27/07 – Certificados por Mala Direta: Prof.ª Georgia Stella Ramos do Amaral e Prof.ª Lenir Maria Rossarola (NTE Santa Cruz);
27/07 – Alfabetização através da caixa mágica: Prof.ª Priscila Palacio Texeira (SMED Pelotas);
28/07 – II Workshop Arte Educação a arte empreender com saúde. Como trabalhar os temas transversais em plataformas digitais. Práticas inclusivas. Partes I , II e III: Prof.ª Sandra Regina Lopes (PHL Brasil);
29/07 – Dando os primeiros passos com Arduino: Aluno Thales Gonçalves Ferreira (IFSUL – Pelotas);
30/07 – Dinolândia: Marcia Ferran (SEBRAE RS);
30/07 – Uma pílula de metodologias ativas: Kelen Bernardi, com participação especial da Prof.ª Rosária Sperotto, Prof. Marco Medronha, Prof.ª Gabriele Garcia e Prof. Vitor Bazzo (Elimu Social).

Sobre o Robopel 209
O Robopel 209 é uma realização Pelotas Parque Tecnológico; Prefeitura Municipal de Pelotas com SDETI – Secretaria de Desenvolvimento, Turismo e Inovação e SMED – Secretaria Municipal de Educação e Desporto; Escola Sesi Pelotas; Reverso Comunicação Integrada; ELIMU Social; NTE – Núcleo de Tecnologia Educacional Pelotas/ 5ª CRE – Coordenadoria de Educação do Estado do RS; CRIE/UFPEL; CETEP – Centro Tecnológico Educacional de Pelotas / SMED- Secretaria Municipal de Educação. Conta com apoio da Câmara de Vereadores de Pelotas; TV CÂMARA; Sebrae; Diário Popular; K2TV; AZONASUL; COPES – CONSÓRCIO EXTREMO SUL; COPLACE e IFSUL. O Robopel-209 conta ainda com o patrocínio da Associação Comercial de Pelotas, do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), da Cigam Software de Gestão e da Rabassa Seguros.

Sobre o Pelotas Parque Tecnológico
O Parque, criado oficialmente em 2016, é gerido pela TECNOSUL – Parque Científico e Tecnológico, uma associação civil sem fins lucrativos de direito privado, caráter científico, tecnológico, educacional e cultural. Possui um Conselho de Administração (Consad), eleito a cada três anos, e atua em três grandes áreas nas quais o município já se destaca como polo: tecnologia da informação e comunicação; tecnologia em saúde e indústria criativa. Atualmente, 63 empresas atuam no Pelotas Parque Tecnológico, sendo 23 instaladas nas áreas geridas pelo Parque, sete no coworking, 15 incubadas, 18 pré-incubadas. Entre as incubadoras estão a Conectar, Incubadora de Base Tecnológica da UFPel; CIEMSUL, incubadora de empresas multissetorial da UCPel e SENATEC, destinada às empresas júnior. Ainda, existem 23 instituições parceiras. O Parque oferece espaço coworking, com área gastronômica para 55 pessoas, auditório para 230 pessoas, duas salas de reunião e capacitações e estacionamento para 65 carros. Ao todo, o Pelotas Parque gera 267 empregos diretos e 638 indiretos.

Comentários