ESPECIAL DE DOMINGO: RS APRESENTA AGENDA DE COMPETITIVIDADE À CÂMARA DE COMÉRCIO BRASIL-EUA

O governador Eduardo Leite apresentou as oportunidades do Estado durante o evento – Foto: Reprodução

O governador Eduardo Leite participou, na última sexta-feira (23/4), de um webinar organizado pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos (Brazilian-American Chamber of Commerce, conhecida como Brazilcham). O evento foi transmitido a cerca de 500 pessoas, que puderam se inscrever previamente e fazer perguntas, e foi mediado pelo diretor-executivo da Brazilcham, John Welch.

Durante o evento, que durou cerca de uma hora, Leite apresentou, em inglês, a agenda de competitividade do governo do Rio Grande do Sul e as oportunidades do Estado, dono da quarta maior economia do Brasil e do quinto maior PIB per capita entre todos os Estados da federação.

“Nossa maior dificuldade ao assumirmos o governo, em 2019, foi o problema do desequilíbrio fiscal, resultado de anos de administrações que gastaram mais do que arrecadaram. Para solucionar isso e passarmos a ser um Estado do qual parem de falar sobre problemas para um Estado onde as pessoas falem sobre soluções e resultados positivos, implementamos logo no começo do nosso governo uma agenda de impacto, com foco na competitividade, construindo um Estado moderno, gerando um ambiente de negócios favorável e oferecendo serviços públicos eficientes”, destacou o governador.

Entre as medidas, foram citadas as profundas reformas administrativa e previdenciária, cujo objetivo era reduzir o custo da máquina pública e modernizar a estrutura, os avanços em privatizações e concessões, as ações de modernização e desburocratização, que envolvem inclusive a aprovação de um novo Código Ambiental, e outras ações que estão em andamento para buscar a retomada da capacidade de investimento no Rio Grande do Sul.

As reformas administrativa e previdenciária garantirão uma economia estimada em mais de R$ 18 bilhões até 2030. A reforma da previdência dos militares deve gerar uma economia de pelo menos mais R$ 200 milhões a cada ano.

“Temos um Estado forte, com gente qualificada, sistemas de saúde e de ensino reconhecidos mundialmente, estrategicamente bem localizado, conectado com o mundo, seja por meio das vias de transporte como por meio da tecnologia, e que está comprometido com o equilíbrio fiscal, com a responsabilidade fiscal e com o futuro, o que nos dá confiança para afirmar que investir no Rio Grande do Sul é uma escolha certa, que trará resultados positivos”, afirmou o governador.

Leite também falou sobre a situação da pandemia no Estado e no Brasil, bem como questões políticas que dizem respeito ao país como um todo.

A Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos é a principal organização nos Estados Unidos voltada exclusivamente à promoção das relações de negócios e investimentos entre os dois países. Com sede em Nova York, reúne mais de 300 empresas e mais de 10 mil profissionais diretamente envolvidos com negócios e investimentos entre os Estados Unidos e o Brasil.

Comentários