CARREFOUR COMPRA O GRUPO BIG R$ 7,5 BI, PASSA A SER O MAIOR EMPREGADOR DO BRASIL E CHEGARÁ AO SUL


VAREJISTA PASSARÁ A CONTROLAR NO BRASIL MARCAS COMO WALMART, SAM’S CLUB e MAXXI ATACADO

O varejista Grupo Carrefour Brasil divulgou em fato relevante na madrugada desta quarta-feira, 24, que chegou a um acordo para comprar o Grupo BIG Brasil, por 7,5 bilhões de reais. O grupo BIG, controlado pelo fundo de investimentos Advent International e pelo Walmart, é dono de marcas como BIG, Super Bompreço, Maxxi Atacado, Walmart e Sam’s Club no Brasil e tem mais de 40 mil funcionários no Brasil. Além disso, o grupo BIG é dono do ativo imobiliário de 181 lojas (4% do total) e de mais 38 propriedades, que somam valor de 7 bilhões de reais. A estimativa é que a combinação crie um grupo com vendas brutas de cerca de 100 bilhões de reais.

Segundo o comunicado divulgado, a aquisição “expandirá a presença do Carrefour Brasil em regiões onde tem penetração limitada, como o Nordeste e Sul do país, e que oferecem forte potencial de crescimento”. A transação também vai reforçar a presença do Carrefour Brasil em formatos nos quais tem presença mais limitada, em particular os supermercados (99 lojas Bompreço e Nacional) e soft discount (97 lojas Todo Dia)”. O comunicado diz ainda que a complementariedade dos negócios vai ampliar a base de clientes do Carrefour no Brasil de 45 milhões para 60 milhões de clientes.

O Grupo BIG (antigo Walmart Brasil) opera uma rede de 387 lojas, sendo 35 unidades Sam’s Club, 107 hipermercados BIG e BIG Bompreço, 99 supermercados Bompreço e Nacional, 97 lojas Todo Dia, 49 unidades Maxxi e 13 postos de gasolina.

Com a compra do BIG, Carrefour passa a ser maior empregador do país
Segundo a empresa, aquisição da rede concorrente resultará no total de 137 mil postos de trabalho. Com o novo número, o Carrefour passa a ser o maior empregador do país, superando, com folga, os Correios — que conta com 99.400 empregados. O montante também ultrapassa o número de funcionários de algumas das principais companhias do Brasil, como BRF, Atento e o concorrente GPA. O controlador do Pão de Açúcar tem hoje 64.500 funcionários — 72.500 postos de trabalho a menos do que o Carrefour.

Comentários