PELOTAS PARQUE TECNOLÓGICO CONTEMPLADO EM EDITAL DO SEBRAE-RS

O Pelotas Parque Tecnológico, por meio de seu gestor  Tecnosul, foi contemplado no edital de incubadoras do SEBRAE-RS (Nº 01/2020 ) com  projeto no valor total de R$ 130.000,00, sendo R$ 100.000,00 com aporte financeiro do SEBRAE e R$ 30.000,00  de contrapartida. O projeto terá duração de 18 meses e visa fortalecer os pequenos negócios atendidos no parque, com prioridade para gestão, mercado e investimentos, para consolidar ainda mais o ecossistema de inovação de Pelotas e Região. A formalização através do Convenio de Cooperação Técnica e Financeira foi realizada em outubro e as primeiras ações iniciam ainda na primeira quinzena de novembro.

“Parabéns ao Parque pela aprovação no edital que tem um objetivo muito claro de apoiar financeiramente e tecnicamente as empresas, tanto na criação como no desenvolvimento de novos negócios. Estaremos estimulando as empresas por meio de workshops, mentorias, consultorias, entre outros modelos de atuação, para fomentar cada vez mais esse ecossistema”, destaca Gustavo Moreira, Gestor de Projetos de Inovação no SEBRAE-RS.

Para Rosani Ribeiro, diretora executiva do PPT, a formalização desta parceria com o Sebrae no mês da inovação reafirma o proposito destas duas instituições no fortalecimento da cidade de Pelotas como um importante polo de inovação no RS. “Neste momento de retomada da economia investir  no desenvolvimento de novos modelos de negócios e nos negócios já existentes é imprescindível”, afirma.

Destacam-se ainda os objetivos específicos do edital, que esclarecem toda a potencialidade desse investimento nos negócios inseridos no Parque, são eles: Fomentar o empreendedorismo e novos negócios no setor de tecnologia; Organizar a gestão das empresas participantes com planos de ação; Promover a articulação de novas parcerias; Fortalecer ações de mercado para os negócios atendidos; Buscar investidores anjos ou aceleradas e Desenvolver uma ferramenta tecnológica com mapeamento de dados das empresas e busca de Editais a serem ofertados.

Sobre o Pelotas Parque Tecnológico
O Parque, criado oficialmente em 2016, é gerido pela TECNOSUL – Parque Científico e Tecnológico, uma associação civil sem fins lucrativos de direito privado, caráter científico, tecnológico, educacional e cultural.  O parque possui um Conselho de Administração (Consad), eleito a cada três anos, e atua em três grandes áreas nas quais o município já se destaca como polo: tecnologia da informação e comunicação; tecnologia em saúde e indústria criativa.

Atualmente, 63 empresas atuam no Pelotas Parque Tecnológico, sendo 23 instaladas nas áreas geridas pelo Parque, sete no coworking, 15 incubadas, 18 pré-incubadas. Entre as incubadoras estão a Conectar, Incubadora de Base Tecnológica da UFPel; CIEMSUL, incubadora de empresas multissetorial da UCPel e SENATEC, destinada às empresas júnior. Ainda, existem 23 instituições parceiras. O Parque oferece espaço coworking, com área gastronômica para 55 pessoas, auditório para 230 pessoas, duas salas de reunião e capacitações e estacionamento para 65 carros. Ao todo, o Pelotas Parque gera 267 empregos diretos e 638 indiretos.

Comentários