PORTO DO RIO GRANDE FAZ O MAIOR EMBARQUE DE GADO DA HISTÓRIA

É a primeira vez que o maior navio do mundo para o transporte de animais faz escala no Rio Grande do Sul. O embarque deve terminar no domingo (13), mobilizando 150 pessoas por dia.

O porto gaúcho de Rio Grande está fazendo o maior embarque de animais vivos da história do terminal.

São 201 metros de comprimento e 32 de largura. É a primeira vez que o maior navio do mundo para o transporte de animais faz escala no Rio Grande do Sul.

A embarcação atracou no estaleiro inaugurado há dez anos para fabricar plataformas de exploração de petróleo da Petrobras. Sem encomendas, o terminal foi adaptado para o embarque inédito: 26 mil cabeças de gado.

Cem caminhões se revezam em um vai e vem, sem pausa. Das fazendas onde estão confinados, os animais chegam ao porto. Cada animal possui um brinco onde um chip foi instalado. É através dele que os fiscais do Ministério da Agricultura monitoram as condições sanitárias.

“Eu estive agora dentro do navio, eles estão acomodados, estão com alimentação, com água. Assim, está tudo dentro das normas, da legislação”, explica Mariza Costa Santos, auditora-fiscal.

O embarque deve terminar no domingo (13), mobilizando 150 pessoas por dia. Do Rio Grande do Sul, o navio segue para a Turquia e o Líbano, países consumidores da carne produzida no estado. A viagem deve durar 20 dias.

A exportação do gado vivo é uma exigência dos países do Oriente Médio. Desde 2010, mais de 550 mil animais foram embarcados no porto de Rio Grande.

“Foi possível alcançarmos os parâmetros internacionais de qualidade para exportação. Realmente teve que ter muito planejamento. É extremamente rigoroso. É uma carne que ganha o mundo também por essa característica, que tem controle sanitário de alto padrão”, destaca Fernando Estima, superintendente dos Portos do RS.

Comentários